Saude

Região Alentejo tem maior taxa de suicídio do país

Regional 19 Out. 2017

O Alentejo é a região do país que regista o maior número de mortes por suicídio, segundo o relatório “Programa Nacional para a Saúde Mental 2017”, da Direção-Geral de Saúde.

Segundo o documento, em 2016, os valores nacionais estabilizaram nos 1000 casos/ano, sendo que o maior número de ocorrências é registado na região Alentejo, em cidadãos do sexo masculino com idade superior a 65 anos.

A taxa (por 100.000 habitantes) de mortalidade por lesões autoprovocadas intencionalmente (suicídio) é maior no Alentejo, sendo de 43,6% nos homens, e de 10,6% nas mulheres. Em termos comparativos, verifique-se que a segunda maior taxa registada para os homens é de 26,8%, no Algarve, e de 5,7% para as mulheres, na região Centro (valores de 2015).

Tem sido registado, uniformemente em todo o país, um aumento da proporção de utentes com registo de perturbações depressivas, de ansiedade ou depressão, em utentes inscritos ativos em Cuidados de Saúde Primários (CSP).

Estas mortes potencialmente evitáveis, encontram-se muitas vezes relacionada com doenças mentais tratáveis, como a depressão, a bipolaridade e perturbações decorrentes do alcoolismo.

Relativamente ao consumo de psicofármacos, o relatório demonstra ainda, que houve uma ligeira diminuição no consumo de ansiolíticos (medicamentos para a ansiedade), e ligeiros aumentos no consumo de medicamentos antipsicóticos e antidepressores.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Setembro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30