MontemoroNovo

Reportagem RC: Vereador da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo diz já estar em linha com novas propostas. (C/Som e Fotos)

Regional 07 Abr. 2022

O vereador da Câmara Municipal de Montemor falou com a Rádio Campanário e disse que as iniciativas como a “Vamos falar de Turismo” são para continuar e começaram segundo o próprio “começaram muito bem”, ressalvou também que “temos de dar a conhecer o que temos para que os intervenientes e agentes económicos no turismo se possam conhecer e criar entre eles sinergias”

Diz também que é neste ponto das sinergias que a Câmara funciona como um elo de ligação entre todos e irá procurar sempre “fazer e saber, não só com estas iniciativas, mas também com uma oferta turística em termos de comunicação nos próximos anos muito mais alargada para sabermos comunicar Montemor como um todo” e sublinha que existem grandes projetos com grande qualidade mas que se estiverem sozinhos são apenas ilhas e se conseguirem estar congregados e unir forças, conseguiram provar aos turistas que “Montemor vale a pena, e que vale a pena ficar, experimentar, porque somos de facto muito diferentes”.

António Luís Pinto Xavier refere ainda que sai deste encontro com novas ideias, sobretudo porque no fundo “algumas destas novas ideias que me foram transmitidas eu já estar alinhado com elas, o que é muito bom sinal” já que para si esta necessidade de Montemor ter uma comunicação mais ativa sobre o turismo, que sabe vender Montemor é, na sua perspetiva “muito importante, porque não basta dizer que estamos a uma horas de Lisboa, que aqui também é Alentejo, porque o Alentejo é maior do que a bélgica, e portanto há muitas cidades no Alentejo e nós temos de saber dizer porque é que somos melhores, ou no que é que somos pelos menos diferentes e porque é que vale a pena fica, experimentar, conhecer, porque o que temos aqui é único, e é graças a estas gentes e ao património cultural que é chave aqui também” completando esta ideia a ressalvar que a Câmara tem trabalhado bem esse aspeto, e refere que “o turismo é a melhor ferramenta para salvaguarda do património e da sua valorização” pois na sua opinião um património desconhecido é um património que acaba por cair e deseja que se valorize todo o património cultural, material e imaterial de Montemor.

Por fim disse ainda que os agentes turísticos de Montemor são “fáceis de trazer para parcerias”, embora admita que ao inicio não tivesse certezas, mas “todos aderiram, muitos estão inclusivamente na zona do público, ou seja investiram do seu tempo para conhecer outros e para participar neste debate, portanto fiquei muito contente com esta participação” salvaguardando que alguns dos que não estiveram presentes, justificaram a sua falta, mostrando assim o que no seu ponto de vista lhe parece “preocupação por parte destes agentes económicos em cooperar e isso é fundamental”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Junho 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30