Grandola

Simpósio de Escultura em Pedra de Grândola promove arte pública

Regional 15 Out. 2019

Na sequência da organização, em Maio de 2018, de uma Exposição Coletiva de Escultura na Praça da República, a Câmara Municipal de Grândola decidiu realizar um Simpósio de Escultura em Pedra, que decorreu entre os dias 16 e 30 de Setembro, com a participação de três reconhecidos escultores portugueses – Jorge Pé-Curto, Paulo Neves e Vitor Ribeiro – os quais, em espaço aberto ao público, no exterior do Complexo Desportivo Municipal José Afonso, criaram três esculturas a instalar em Grândola, no Carvalhal e em Melides que irão valorizar os espaços públicos do ponto de vista artístico, identitário e patrimonial.

No decurso do simpósio o público teve oportunidade de acompanhar o processo de criação das esculturas e os escultores promoveram ações de informação e sensibilização sobre escultura dirigidas aos alunos dos estabelecimentos de ensino, na linha dos objetivos do Plano Nacional das Artes (PNA 2019-2024) de apoiar práticas artísticas a desenvolver com as escolas, de motivar os mais jovens para a criatividade artística e de aproximar a arte e o património aos cidadãos.

O SIMPÓSIO DE ESCULTURA EM PEDRA, tal como o Projeto Participativo de Arte Pública UM MONUMENTO PARA O LOUSAL, promovido no âmbito de uma parceria entre o Município de Grândola e a Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, visam investir na valorização da identidade do território através da arte pública. Nestes contextos, a arte pública – como forma de diálogo com o território e a memória coletiva das populações e como elemento de valorização do seu património material e imaterial – constitui um projeto inédito na política cultural do Município de Grândola, demonstrativo da importância do investimento na cultura e nas artes como fator de desenvolvimento com impacto social, cultural e patrimonial.

No âmbito do simpósio Jorge Pé-Curto realizou uma obra em homenagem a Fernando Pessoa e aos seus heterónimos, que será colocada num local nobre da vila de Grândola. Paulo Neves teve como referência a maior extensão de linha de praias do país, com condições ambientais e paisagísticas de elevado interesse, concebendo uma peça sobre o mar e o sol a ser colocada na 1ª rotunda à entrada do Carvalhal, de acesso à localidade e à Alameda das Praias. Finalmente, Vitor Ribeiro entendeu prestar um tributo à tradição oleira de Melides, produzindo uma obra que irá ser colocada no espaço requalificado do núcleo museológico da Olaria de Melides.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Novembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30