11 Ago. 2022
 

Vila Vicosa

Tauromaquia ficou de fora do protocolo, “não é da competência da câmara realizar corridas de touros” diz Presidente da CM de Vila Viçosa(c/som)

Regional Escrito por  31 maio 2022

A Praça de Touros de Vila Viçosa foi cedida temporariamente ao Município de Vila Viçosa.

O protocolo foi assinado no passado dia 11 de maio, um ato que contou também com a presença do antigo cavaleiro tauromáquico e empresário José Luís Cochicho.

Através deste protocolo, a Família Ribeiro Telles estabelece com o Município de Vila Viçosa o direito de utilização deste imóvel, por um período de três anos (2022/2025), para a realização de atividades culturais e recreativas organizadas, promovidas ou apoiadas pela autarquia, em virtude de no seu principal espaço cultural, o Cine-Teatro Florbela Espanca, estarem a decorrer obras de reabilitação.

A Rádio Campanário, à margem da inauguração do I Congresso das Migas em Mourão, falou com o Presidente da CM de Vila Viçosa sobre os objetivos do Município co a celebração deste protocolo.

Inácio Esperança começou por adianta “trata-se de um protocolo a 3 anos para utilização para eventos” acrescentando que ao Município cabe assegurar a “manutenção do imóvel” ficando o espaço á disposição da Câmara, instituições e Associações de Vila Viçosa para sua utilização.
Segundo o Autarca, a autarquia calipolense lançou ainda o repto à família Ribeiro Telles “para se houver possibilidade de candidatar a Praça de Touros a algo mais, que seja possível encaixar em fundos comunitários”. A receptividade para esta temática por parte dos proprietários do imóvel, adianta Inácio Esperança foi de que “será uma questão a ver no futuro.”
Questionado se a parte da tauromaquia está contemplada neste Protocolo, o autarca esclarece que “a tauromaquia fica dentro deste protocolo, nomeadamente em termos de brincadeiras taurinas e de tudo o que é tradição taurina popular.”
No que diz respeito à organização de corridas de touros, o Presidente do Município esclarece “esta parte fica a cargo da família pois, como é óbvio, uma Câmara Municipal não tem nem deve ter apetência para organizar corridas de touros, deve apoiar esses empresários como apoia todos os outros, deve apoiar os eventos, mas não deve ser promotora de corridas de touros.”

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31