Alentejo

Tecido empresarial cresceu 7,3% em 2018 no distrito de Évora

Publicado em Regional 23 janeiro, 2019

O tecido empresarial no distrito de Évora cresceu 7,3% em 2018, com a criação de 571 novas empresas, mais 39 empresas que o registado no ano anterior, revelam os dados da Iberinform.

De acordo com o estudo, a que a RC teve acesso, Évora foi o único distrito do Alentejo onde a criação de empresas aumentou, tendo diminuído 3,9% em Beja e 5,8% em Portalegre. Segundo os dados, em Beja foram criadas 537 em 2018, menos 14 empresas, e em Portalegre foram constituídas 292, menos 18 que o referido ano.

No que respeita às insolvências, diminuíram nos distritos de Évora, onde 62 empresas entrarem em falência (menos 20 que em 2017), e em Portalegre, que registou 39 empresas insolventes, menos 15 insolvências que no período homólogo.

Por outro lado, foram registadas 31 empresas insolventes em Beja, o que perfaz um aumento de 0,5% face a 2017, mais 3 que o registado no período homólogo.

O mesmo estudo refere ainda que, a nível nacional, o tecido empresarial português cresceu 12,2% em 2018, com a criação de 45.386 novas empresas, face ao ano anterior, e registou uma redução de 6,3% nas insolvências, com um total de 5.888 empresas insolventes.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31