Portalegre

Unidade de saúde de Portalegre está a enviar milhares de SMS aos utentes para cobrar dívidas de 2,5 milhões de euros

Publicado em Regional 12 junho, 2018

Segundo notícia avançada pelo Diário de Notícias, a Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA), começou hoje a reclamar o pagamento de dívidas em atraso, cujo montante total das dívidas ultrapassa os 2,5 milhões de euros, relativas a taxas moderadoras, através de SMS enviadas diretamente aos utentes.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a ULSNA, que gere os hospitais de Portalegre e Elvas e os 16 centros de saúde existentes nos 15 concelhos do distrito de Portalegre, informou que a dívida dos utentes é referente a taxas moderadoras em consultas, exames complementares de diagnóstico e outros serviços de saúde prestados. Segundo a mesma nota, o conselho de administração da ULSNA decidiu "informar os devedores, através de SMS, da dívida de cada um".

A Campanário tentou entrar em contacto com a administração da ULSNA para averiguar qual o período de abrangência destas dívidas, pois, segundo a mesma notícia, as dívidas ao Serviço Nacional de Saúde prescrevem três anos após a data da prestação dos serviços. Contudo, não foi possível obter qualquer esclarecimento até ao fecho desta edição.

Notícia em atualização.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28