Evora

Universidade de Évora integra campanha europeia contra o Cyberbullying

Publicado em Regional 10 outubro, 2019

A Universidade de Évora (UÉ) integra a campanha “Terms Against Bullying”, contra o cyberbullying, uma prática considerada crime em diversos países europeus, incluindo Portugal, mas que nem sempre é possível encontrar ou penalizar o agressor.

A ideia passa por impedir que os responsáveis por estes ataques estejam online, através dos termos e condições dos contratos já analisados aos contratos de 157 operadoras móveis de vários países da Europa num trabalho conjunto pelas universidades portuguesas que integram a iniciativa. 

Ao aceder à plataforma digital “Terms Against Bullying”, as vítimas podem consultar os dados, entender a melhor forma de se proteger e denunciar de forma anónima o número de telemóvel do agressor. A plataforma digital fica então obrigada a enviar a denúncia ao órgão regulador do país da Europa a que corresponde o número quedeverá contactar a operadora móvel e garantir que esta cumpra o estipulado no contrato.

István Bracsok, CCO da White Rabbit Budapest, agência responsável pela campanha, mostra-se “confiante” na iniciativa que juntou as universidades portuguesas, que permiterá, “com que os alunos possam ter a segurança necessária que precisam para denunciar o seu agressor e acabar de uma vez com esse problema", acrescentando ainda que a plataforma está disponível para todas as pessoas, sejam ou não estudantes.

Integram a campanha “Terms Against Bullying”, para além da Universidade de Évora, o ISCAL, Universidade Lusófona, Universidade da Madeira, Universidade Autónoma de Lisboa, Universidade do Algarve, ISAL, Universidade Aberta e Queen Elizabeth’s School.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31