Vila Vicosa

Vila Viçosa: "Fomos "intimados" pela CCDRA a melhorar o grau de execução do projeto do cine-teatro" diz Inácio Esperança, Presidente da CM (c/som)

Regional 28 Out. 2021

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Viçosa, Inácio Esperança, esteve reunido recentemente com a CCDR Alentejo para avaliar o grau de execução dos projetos candidatados a fundos comunitários.

À margem do encerramento do Congresso internacional dos Mármores do Alentejo, realizado ontem, em Évora, a Rádio Campanário falou com o autarca que sobre esta matéria referiu "nesta reunião avaliámos o grau de execução dos projetos candidatados e que existem atualmente assim como se avaliou a possibilidade de novas candidaturas " ressalvando no entanto que as possíveis novas candidaturas são ainda desconhecidas, "uma vez que ainda se desconhece o novo quadro comunitário."

No que diz respeito aos projetos existentes atualmente, o Presidente da Câmara Municipal de Vila Viçosa referiu, no que diz respeito à candidatura do projeto de reabilitação do Cine-Teatro Florbela Espanca, em Vila Viçosa, "fomos "intimados" a melhorar o grau de execução do projeto do cine-teatro".

Relativamente a este projeto, Inácio esperança acrescentou ainda "Vamos ver o que acontece com este projeto do cine-teatro uma vez que ele apenas financia o AVAC, a cobertura e as estrutturas mas existem muitas outras coisas que o equipamento não tem e são necessárias, e isso custa muitas centenas de milhares de euros."

Questionado como pretende o Município financiar-se para assegurar esta questão, o autarca respondeu "há abertura da CCDR Alentejo para esse financiamento e nós temos vontade por isso vamos encontrar formas de arranjar essas verbas para que o cine-teatro seja uma realidade e não apenas aquilo que está neste momento."

Ainda sobreeste projeto de reabilitação do Cine-Teatro o edil referiu "o cine-teatro tem que ser reabilitado e aberto ao público e para isso é preciso o executivo municipal tomar decisões e esperamos que sejam tomadas, já na próxima reunião de câmara, que acontecerá a 3 de novembro."

No que diz respeito ao segundo projeto com candidatura a fundos comunitários, o projeto do largo D. João IV, Inácio Esperança referiu "este projeto ainda não foi executado porque o concurso ficou deserto" salientando "a CCDR Alentejo pede que exista , neste projeto, um grau de execução fisica da obra de 10% até 30 de dezembro, o que julgamos ser muito complicado."

 

 

 

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Novembro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30