Evora

Comandante garante “empenho” do Comando da GNR de Évora “em fazer o melhor” pela população, no Dia da Unidade (c/som e fotos)

Publicado em Reportagens 31 outubro, 2018

Os 10 anos do Comando Territorial de Évora da GNR e os 107 anos da GNR em Évora, foram assinalados nesta quarta-feira, dia 31 de outubro, com uma cerimónia militar no próprio quartel, que contou com a presença da secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto, do Comandante do Comando da Doutrina e Formação da GNR, Major-General Dias Pascoal, bem como com a presença de alguns autarcas do Distrito.

Durante a cerimónia militar do Dia da Unidade, foram ainda condecorados e homenageados os militares já falecidos, terminando com um desfile das forças em parada.

Em declarações à RC, presente na cerimónia, Isabel Oneto, Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, afirma ser um momento de congratulação e reconhecimento dos militares do território “pelo trabalho que foi feito” em prol da população.

“É um de reconhecimento do trabalho que estes homens e mulheres todos os dias dedicam à população do distrito”

 

Surge ainda como uma oportunidade de, através de um contacto direto com o Comando Territorial, o Governo “dar um pouco de balanço” do que está por si a ser feito “porque no fundo temos que trabalhar no mesmo sentido”.

Coronel Joaquim Grenho, Comandante do Comando Territorial de Évora da Guarda Nacional Republicana, afirma em declarações à RC que as cerimónias surgem como uma oportunidade de “homenagear os que serviram em prol desta população”.

São ainda uma oportunidade para transmitir aos militares e às populações representadas, “o nosso empenho em continuar a fazer o melhor” em prol da população.

Comando de Évora está empenhado “em continuar a fazer o melhor possível para os servir (população) e para lhes trazer paz e tranquilidade”

 

Questionado sobre as dificuldades advindas das caraterísticas do território, o comandante avança que “tendo uma área muito extensa, a população dispersa representa um desafio acrescido”, questões que têm tentado ultrapassar “com mobilidade dos meios” para populações mais distantes e isoladas.

Já o Presidente do Município de Évora, Carlos Pinto de Sá, sublinhou que este Comando é importante “na cidade, no concelho e para o Alentejo”, por ser “a unidade que assegura a segurança, em particular, nas zonas rurais”, uma vez que a PSP é responsável pelos centros urbanos de Évora e Estremoz.

“A segurança é também um dos pressupostos para o desenvolvimento”

 

Ainda assim, destaca, “nós temos índices se segurança muito altos, felizmente” e “temos uma criminalidade baixa”. Apesar disso, “cremos naturalmente sempre melhor e podermos ir mais longe”, pois “a segurança é também um dos pressupostos para o desenvolvimento” e “para que a economia se possa desenvolver é necessário que haja segurança”.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31