20 agosto, 2019
Augusta Serrano;
Fadistices
20:00-21:00

Evora

Évora: As cidades do Alentejo têm “muito a trazer ao programa” URBACT, diz diretora-geral do território (c/som e fotos)

Publicado em Reportagens 27 novembro, 2018

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDRA) recebeu esta terça-feira, 27 de novembro, o infoday do programa URBACT.

Realizado anualmente, decorreu pela primeira vez em Évora este dia dedicado ao programa, servindo para divulgação do mesmo e apresentação das redes existentes que o constituem.

Em declarações à Rádio Campanário, Ana Seixas, subdiretora-geral da Direção Regional do Território, destaca a importância da troca de informação e de conhecimento que o programa proporciona, entre cidades.

“Se pudéssemos ter umas cidades do Alentejo, acho que tinham muito a trazer ao programa”

 

Não requerendo que as cidades apresentem ideias muito complexas, apenas “interessantes”, permite esta interação entre cidades “independentemente da sua dimensão” e do número de habitantes.

O programa com cerca de uma década, é financiado no âmbito do FEDER (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional), sendo que cada cidade candidata “escolhe o seu tema”, resultando em ideias “que resolvem problemas concretos dos municípios”, aponta.

Até ao momento, nenhuma cidade alentejana integrou o URBACT, facto que a dirigente justifica com “o tempo e as prioridades” estabelecidas pelos municípios, assim como a barreira linguística deste programa que tem o inglês como "língua oficial”.

Estas sessões são importantes, podendo ocorrer que os dirigentes “naquele momento pensem que isto pode ser a solução para um problema que elas tenham”, aponta.

Carlos Pinto de Sá, presidente da Câmara Municipal de Évora avança que a cidade “está interessado em vir a participar numa destas candidaturas”.

Tendo a cidade já integrado uma rede semelhante no passado (Urban) “há muita matéria que pode constituir tema para a constituição de redes que têm que envolver cidades de outros pontos da Europa”.

 “Évora está interessado em vir a participar numa destas candidaturas”

 

A sessão visa “alertar as cidades do Alentejo da possibilidade de participarem neste programa Urbanact”, sendo que a presença do autarca se direciona para “perceber sobretudo como se desenvolvia esta rede”, explica.

O município eborense irá estudar as condições e benefícios de integrar a rede, indo os interesses além da área económica, em âmbitos como “o urbanismo, as questões de troca de boas práticas, questões ligadas à organização das cidades”, conclui.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31