Alandroal

Após 3 anos "desgastantes de obras, hoje posso garantir que o Lar de Alandroal tem muito mais qualidade para os seus utentes", diz provedora (c/som e fotos)

Reportagens 10 Dez. 2019

Teve lugar esta terça feira, 10 de dezembro, a inauguração do Lar de Idosos de Alandroal, após as obras de recuperação e requalificação de que foi alvo.

A Rádio Campanário marcou presença na cerimónia e falou com a provedora da Santa Casa da Misericórdia de Alandroal, Dulce Gonçalves, que começa por referir que “é um dia de festa”.

A obra foi apoiada pelo fundo Rainha D. Leonor, “num investimento de cerca de 360 mil euros, tendo o referido fundo contribuído com 160 mil euros”, explica a provedora.

 Dulce Gonçalves refere que “existiram algumas coisas que foram para além do valor inicialmente orçamentado”, exemplificando com “a rede Wi-Fi em todos os quartos”.

A responsável explica que “a obra foi iniciada faz 3 anos”, referindo que devido “a algumas dificuldades”, o empreiteiro responsável “abandonou a obra durante alguns períodos”, o que acabou por “ser muito desgastante”, declara.

Durante o período em que decorreram as obras, a provedora considera que “quem mais sentiu os percalços foram os nossos utentes, que andaram quase sempre em mudanças e até tiverem de pernoitar algumas noites em camaratas”.

“Foram anos de muito desgaste, mas finalmente conseguimos”
Dulce Gonçalves 

Questionada pela RC sobre as principais alterações, Dulce Gonçalves refere que “a capacidade não aumentou muito”, no entanto “a qualidade que podemos oferecer aos nossos utentes aumentou bastante”.

A provedora explica que “passamos a ter instalações sanitárias e banhos nos quartos, criamos uma sala de convívio bastante grande no rés-do-chão, remodelámos a cozinha e a lavandaria, conseguimos todas as condições em termos de segurança de incêndios, restruturámos a rede elétrica e de esgotos, as questões da eficiência energética também foram tomadas em conta”.

Dulce Gonçalves destaca a “criação de um espaço de culto”, lembrando que “as Misericórdias têm um carater católico, daí que tenhamos exigido um espaço de reflexão e onde poderá decorrer a eucaristia”.

Outra das alterações foi “os serviços administrativos passaram a estar no mesmo edifício”, o que para a responsável “permite uma maior proximidade entre os serviços e uma maior vigilância”.

 

 

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31