17 setembro, 2019
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00

Sousel

Obra do Museu dos Cristos de Sousel “não avança há sete meses” por problemas “judiciais”, diz Presidente do Município (c/som e fotos)

Publicado em Reportagens 08 novembro, 2017

Em 1990, a Câmara Municipal de Sousel adquiriu uma coleção particular de 1500 Cristos e cruxifixos, do borbense Venceslau Lobo, sendo o Museu dos Cristos, um sonho do município desde então.

Luís Castro Mendes, Ministro da Cultura, de visita à exposição patente no Centro Cultural de Sousel (por ocasião de uma sessão de apresentação do Orçamento de Estado 2018, no passado dia 5 de novembro) em declarações à Rádio Campanário, afirma que o ministério facultará “todo o apoio possível” à concretização do projeto, nomeadamente no que respeita à “candidatura a fundos comunitários para a instalação” do mesmo.

Esta é uma coleção “com peças muito valiosas, extremamente bem cuidada e estudada”, afirma, que muito contribuirá “para uma revitalização dos equipamentos culturais” existentes (Biblioteca Municipal Dr. António Garção e o Centro Cultural de Sousel).

A relevância do projeto, para o Ministro, assenta na premissa de que “a atratividade das terras do interior passa pela capacidade de atividade cultural”.

O Presidente do Município, Manuel Valério, em declarações à RC, lamenta que os Cristos e cruxifixos da coleção do antiquário, continuem “encaixotados como se encontram”, considerando-os um fator forte de atratividade “na área do turismo”.

O autarca afirma ter visto, da parte do Ministro da Cultura, “uma abertura para a resolução deste problema que se agrava há vários e vários anos”. Desta forma, aponta a necessidade de uma “sinergia de esforços” entre o município e o Governo, para “para que possam ser colocados à disposição” de toda a população e dos turistas.

Relativamente à adjudicação da obra, que foi a concurso público no início do presente ano, declara que aquando da recente tomada de posse (23 de outubro), solicitou “uma relação das obras programadas e a decorrer no concelho”, tendo-se deparado com a situação do Museu dos Cristos. O projeto, avança, detém “um problema em termos judiciais com uma das empresas que tinha concorrido à obra, e por isso a mesma já não avança há sensivelmente sete meses”.

A impugnação será avaliada com o Gabinete Jurídico do município, declara.

Mais avança que, “se houver boa vontade de todas as partes”, os fundos comunitários inerentes ao projeto não serão perdidos.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Setembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30