Borba

Santa Casa de Borba celebra o 100º aniversário do Sr. António Amante "sinal de vitalidade e dinamismo dos utentes e da instituição", diz Provedor (c/som e fotos)

Publicado em Reportagens 21 setembro, 2019

Decorreu este sábado, 21 de setembro, a festa do 100º aniversário do Sr. António Joaquim Amante Henriques, no Auditório Caetano Gazimba da Aldeia Social da Santa Casa da Misericórdia de Borba.

A Rádio Campanário marcou presença e testemunhou o momento que reuniu familiares, amigos, antigos colegas de trabalho e todo o staff técnico da Santa Casa da Misericórdia de Borba, bem como os demais utentes.

Na impossibilidade de recolhermos a declarações do aniversariante, visivelmente emocionado por atingir tão bonita data, recolhemos as declarações de Rui Bacalhau, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Borba.

Rui Bacalhau começa por assinalar “este dia como um dia de festa”, referindo que “não é normal chegarmos aos 100 anos, no entanto aqui nesta instituição tivemos recentemente um outro utente que completou essa marca”.

O provedor explica aos nossos microfones que “tentámos fazer um dia um pouco diferente para o aniversariante, de maneira que fique marcado na vida dele e na vida da instituição”.

Para toda a equipa da Santa Casa da Misericórdia de Borba “é um momento de grande regozijo”, refere Rui Bacalhau.

“Todos nesta sala querem certamente chegar aos 100 anos, como tal temos de estar preparados com todas as condições para tal”
Rui Bacalhau

O facto de ter utentes que contam com 100 anos de idade e outros próximos de completar esta marca, leva o responsável a considerar que “tudo isto é um desafio que se coloca a esta instituição”, justificando que “obriga-nos a ser dinâmicos e pró-ativos para que lhes possamos dar condições para que cheguem as estas idades”.

Rui Bacalhau lembra o lema da instituição ‘junto da comunidade”, considerando que para tal “temos de trabalhar em prol do utente, em prol de todos, para que mais festas destas possamos realizar”.

A Santa Casa da Misericórdia de Borba “no próximo ano vai ter outra utente a completar a marca dos 100 anos”, e Rui Bacalhau “espera que daqui por 5 ou 6 anos tenha muitos mais”, considerando “que é sinal de vitalidade e dinamismo, não só dos utentes, mas também da instituição que consegue preservar e cuidar os seus da melhor forma”.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31