15.9 C
Vila Viçosa
Sábado, Maio 18, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Uma em cada quatro mulheres é, foi ou será vitima de violência doméstica

Foto: D.R.Em 2012, mais de trinta mulheres morreram vítimas de violência doméstica em Portugal, um número menor do que em 2010 e 2011, 48 e 40 vitimas respetivamente, mais ainda assim bastante preocupante. O número de denúncias também diminuiu, 12 742 em 2010 e 11 485 em 2011, não havendo ainda dados oficiais de 2012, o que não significa obrigatoriamente que haja um menor número vitimas o que, a ser verdade, constitui um agravar da situação.

Com o objetivo de melhor compreender este flagelo, a Rádio Campanário falou com Conceição Barata, diretora dos serviços de urgência do Hospital do Espirito Santo de Évora, que revelou que uma em cada quatro mulheres, em Portugal, é, foi ou será vítima de violência doméstica. A responsável salientou que apesar das mulheres serem o grupo mais afetado, a faixa populacional a sofrer deste mal é mais alargado, sendo que os idosos são um caso especialmente preocupante por estarem ainda mais desprotegidos. No caso da violência de género, Conceição Barata frisou que este fenómeno se verifica a nível global, independentemente de padrões culturais ou localização geográfica, estando os motivos relacionados com os padrões patriarcais que ainda hoje são perpetuados por todo o mundo.

A diretora dos serviços de urgência do Hospital de Évora, que é parceiro da rede de intervenção integrada do combate à violência domestica no distrito alentejano, deixou ainda conselhos para as vitimas e para aqueles que, não sendo vitimas, têm conhecimento de casos deste tipo de violência.

{saudioplayer}http://radiocampanario.com/sons/VD%20Concecao29jan.MP3{/saudioplayer}

Populares