14.8 C
Vila Viçosa
Terça-feira, Junho 18, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

União das Misericórdias Portuguesas distinguida por Parlamento Europeu

Prémio “Cidadão Europeu” é atribuído amanhã, em Bruxelas, como reconhecimento do trabalho desenvolvido pelas Santas Casas em prol do bem-estar da população de todo o país. 

A União das Misericórdias Portuguesas (UMP) vai receber o Prémio “Cidadão Europeu 2021”, atribuído na área da proteção dos Direitos Humanos consagrados na Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia, numa cerimónia a decorrer amanhã no Parlamento Europeu, em Bruxelas.

O Prémio “Cidadão Europeu” distingue pessoas e instituições que se destaquem pelos feitos excecionais, reconhecendo o trabalho desenvolvido pelas Misericórdias em todo o país e o apoio prestado à comunidade nas áreas de apoio social e cuidados de saúde, para assegurar respostas adequadas e abrangentes a toda a população, especialmente a mais vulnerável. Em todo o país, as Misericórdias Portuguesas têm também desenvolvido inúmeras iniciativas de inovação social e contribuído para a valorização da cultura local e coesão territorial.

Em todo o país, as Misericórdias Portuguesas têm também desenvolvido inúmeras iniciativas de inovação social e contribuído para a valorização da cultura local e
coesão territorial. Em representação da UMP, estará Manuel de Lemos, Presidente da UMP, para quem esta distinção “reconhece e valoriza o trabalho incansável desenvolvido pelos mais de 45 mil colaboradores de todas as Misericórdias, para apoiarem, diariamente, cerca de 165 mil utentes, especialmente no contexto da pandemia que se vive”.

A candidatura da UMP ao Prémio “Cidadão Europeu” resultou de uma proposta apresentada pelo eurodeputado do PSD José Manuel Fernandes.

A União das Misericórdias Portuguesas (UMP) é uma associação de âmbito nacional, criada em 1976 para orientar, coordenar, dinamizar e representar as Misericórdias, defendendo os seus interesses e organizando atividades de interesse comum.

Enquanto promotora da economia social, a UMP tem pautado a sua atuação pelo diálogo entre as Misericórdias e os diversos parceiros institucionais, participando ativamente na definição e execução de políticas públicas sociais, com o objetivo de assegurar respostas sociais e de saúde que contribuam para o desenvolvimento de uma rede de apoio para o bem-estar da população.

 

Populares