34.3 C
Vila Viçosa
Quarta-feira, Maio 29, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

“Vamos adquirir 7 casas em ruínas e reconstrui-las; Há 7 famílias identificadas com a necessidade” diz Pres. Da CM de Vila Viçosa(c/som)

 

A Assembleia Municipal de Vila Viçosa reuniu na passada semana na sua quarta sessão ordinária. Um dos pontos constante da ordem de trabalhos foi a Estratégia Local de Habitação do Município de Vila Viçosa.

Inácio Esperança, Presidente da Câmara Municipal de Vila Viçosa, informou que a estratégia Local de Habitação do Município de Vila Viçosa já se encontra homologada pelo Secretário de Estado da tutela.

A Rádio Campanário falou com o Autarca e fomos perceber qual o próximo passo no desenvolvimento e aplicação desta Estratégia local de habitação.

Inácio Esperança adiantou à RC que o Município de Vila Viçosa vai agora desenvolver três passos começando por nos dizer que o primeiro diz respeito “ao arranjo de 15 habitações nas Portas verdes, habitações da câmara que estão degradadas e precisam de obras nomeadamente , uma casa de banho no rés do chão” acrescentando que o Município vai proceder “ao lançamento do concurso.”

Ainda no âmbito desta estratégia local de habitação, o Presidente da CM de Vila Viçosa refere igualmente que “o Município vai ainda adquirir sete fogos localizados em Vila Viçosa e que estejam em ruínas, para construir sete habitações para 1º direito” acrescentando estarem já identificadas “sete famílias com necessidade destas habitações.”

O último passo a dar no âmbito desta Estratégia local será, conforme nos refere Inácio Esperança, “recuperar as três habitações da estação e realizar pequenos arranjos no matadouro municipal.”

No que diz respeito à intervenção a fazer nas habitações da Estações, o Presidente da CM de Vila Viçosa esclarece que estas intervenções não são feitas de imediato porque “ainda há questões por esclarecer com a Infraestruturas de Portugal uma vez que estes deram autorização para o Município realizar a intervenção mas o IHRU e a própria Estratégia não permitem a realização de obras em casas que não sejam propriedade do Município.”

 

 

 

Populares