20.4 C
Vila Viçosa
Domingo, Junho 23, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Vila Viçosa: “Compêndio de Notícias de Vila Viçosa” do Padre Joaquim Espanca. “Uma obra fundamental e que continua atual” (c/som e fotos)

A nova edição do "Compêndio de Notícias de Vila Viçosa" de José Joaquim da Rocha Espanca, foi apresentado este sábado, dia 17 de dezembro, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Vila Viçosa.

A iniciativa foi promovida pelo Centro de Estudos Cechap, em colaboração com o Município de Vila Viçosa.

Esta obra do Padre Joaquim Espanca, só tinha sido editada uma única vez, em 1892, encontrando-se há muito esgotada, pelo que hoje se configura como uma fonte preciosíssima de informações sobre a história de Vila Viçosa na segunda metade do século XIX.

À reportagem da Rádio Campanário, o investigador Carlos Filipe, salientou que “é um compromisso Cechap neste ano em que se comemoram os 120 anos da morte do Padre Joaquim Espanca e tudo faria sentido para que viesse a ser publicada uma obra sobre este ilustre calipolense”.

Salienta que “é um compêndio de noticias de Vila Viçosa que foi publicado em 1892 e cumprimos na integra com a transcrição do livro acrescido com notas biográficas inéditas, documentos inéditos que pensamos desta forma, ter conseguido valorizar o património imaterial de Vila Viçosa e a figura do Padre Joaquim Espanca”.

Carlos Filipe expressa que a sua obra é fundamental “para se compreender a história de Vila Viçosa”. Continua, como refere “a ser atual e não é desprezível o trabalho que ele foi desenvolvendo ao longo do século XIX, que nos deixou uma obra que continua a ser atualizada. Se queremos progredir na investigação, se queremos produzir novos trabalhos, resolver novas questões do ponto de vista da história, temos que recorrer sempre à bibliografia e à fonte de informação que foi o Padre Espanca”.     

 

O presidente da Câmara Municipal de Vila Viçosa, Manuel Condenado, referiu que este é um evento de cariz cultural e “é sabido que todas as questões da cultura, estão na primeira linha das nossas prioridades em termos de intervenção”.

Salienta que o município considera que “a cultura é essencial para o desenvolvimento de qualquer comunidade e é isso que fazemos e a que damos especial atenção”.

O autarca diz ainda que a câmara “apoia a dinamização cultural de diversas formas com iniciativas próprias organizadas pela autarquia”, mas existindo no concelho “algumas dezenas de instituições e associações, temos protocolos de colaboração”.

Sublinha que o município tem “um novo regulamento de apoio ao associativismo e às instituições com recursos alargados”, daí que, são estabelecidas “parcerias também com as associações e instituições que o desejarem”, como é o caso do Cechap com a apresentação do livro "Compêndio de Notícias de Vila Viçosa" de José Joaquim da Rocha Espanca.

 

 

Populares