12.6 C
Vila Viçosa
Sábado, Maio 18, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Vila Viçosa e mais 13 municípios alentejanos aliam-se à EPAL para reduzir os custos da fatura da água

A CIMAC – Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central e a EPAL – Empresa Portuguesa de Águas Livres, S.A., assinaram esta terça-feira, dia 15 de dezembro, pelas 16h00, um acordo de cooperação institucional no domínio do controlo das perdas de água e da monitorização e gestão de redes de abastecimento, nas instalações da CIMAC.

Este protocolo visa implementar o sistema WONE – Water Optimization for Network Efficiency, da EPAL, nos 14 municípios abrangidos pela CIMAC, nomeadamente Alandroal, Arraiolos, Borba, Estremoz, Évora, Montemor-o-Novo, Mora, Mourão, Portel, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Vendas Novas, Viana do Alentejo e Vila Viçosa.

 Este projeto, levado a cabo pela EPAL e pela CIMAC, o maior de sempre do WONE a nível nacional, pretende ser um exemplo modelo para todo o país e tem como finalidade ajudar os municípios a diminuir as perdas de água as suas redes de distribuição, reduzindo assim a fatura da água adquirida pelos municípios.

 Em Portugal, as perdas de água nos sistemas de abastecimento representam volumes na ordem dos 240 milhões de m3 por ano, significando que cerca de 40% da água que entra nos sistemas é ‘perdida’. O sistema WONE® desenvolvido pela EPAL é um eficaz programa de monitorização vocacionado para a otimização do combate às perdas de água. Este sistema permitiu que a EPAL conseguisse reduzir as perdas da rede de distribuição de Lisboa para apenas 8%, posicionando Lisboa entre as capitais mais eficientes do mundo ao nível de perdas de água.

 O protocolo a ser assinado por ambas as entidades tem como objetivo aumentar a eficiência das redes de abastecimento de água dos municípios da CIMAC através do sistema WONE® da EPAL. O acordo entre as partes contempla também um módulo de formação, facultado pela EPAL, que potenciará a normalização e otimização de procedimentos, com inerentes ganhos de eficiência. 

Conforme a Rádio Campanário informou oportunamente, foi elaborado em 2013, o cadastro das redes de abastecimento de água e saneamento de águas residuais dos municípios do Alentejo Central e a construção de uma aplicação WEBGIS que permite a caracterização e gestão da rede pelos municípios envolvidos.

Participaram neste projeto os municípios de Alandroal, Arraiolos, Borba, Estremoz, Montemor-o-Novo, Mora, Mourão, Portel, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Vendas Novas, Viana do Alentejo e Vila Viçosa.

Populares