28.7 C
Vila Viçosa
Sexta-feira, Maio 24, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

“A gastronomia é uma âncora de atração para o Alentejo e através destes eventos conseguimos fazer isso”, diz José Santos (c/som)

Iniciou-se hoje, dia 26 de maio, o II Congresso das Migas que se realiza em Mourão até ao próximo dia 28 de maio.

Organizado pelo Município de Mourão, tem como objetivo promover e valorizar a rica gastronomia alentejana, preservando a tradição e abrindo portas à inovação. Com carne de alguidar ou espargos, esta iguaria regional, ancestralmente associado à gastronomia dos pastores alentejanos, que guardavam o pão endurecido durante a semana e o demolhavam ao fim-de-semana, confecionando um prato economicamente rentável, tem-se afirmado na gastronomia da região ao longo dos anos, e atualmente é um dos pratos regionais mais apreciado e conhecido.

A Rádio Campanário esteve presente e falou com José Santos, Secretário-Geral da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, sobre o II Congresso das Migas e sobre a dinamização dos concelhos alentejanos através deste tipo de eventos.

Em declarações à Rádio Campanário, José Santos começou referiu que “o Alentejo tem uma rede de eventos que promovem a gastronomia, que eu penso que podem ser melhorados e amplificados, uma forma de ativar e dar visibilidade à nossa gastronomia, é uma grande âncora de atração de visitantes para a nossa região, e de facto, através destes eventos fazemos isso. A CM Mourão apostou com alguma coragem, no ano passado, neste evento, que promove as migas, é a segunda edição, um evento não se faz num ano, em dois é um caminho, acho que a CM Mourão está a fazer o seu caminho. Acredito que este evento pode vir a crescer muito, pode vir a desempenhar, no calendário de eventos do Alentejo, um papel mais forte e mais interessante”.

Populares