11.5 C
Vila Viçosa
Sábado, Junho 15, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Acidentes de trabalho no Alentejo provocam 4 vítimas mortais na primeira metade do ano

A Autoridade para as Condições no Trabalho (ACT) registou, no Alentejo, desde de janeiro até ao final de junho de 2017, 5 acidentes de trabalho graves e 4 acidentes de trabalho mortais.

De acordo com os dados disponibilizados pela ACT, no distrito de Beja registaram-se nestes primeiros seis meses do ano 3 acidentes de trabalho mortais, no distrito de Évora registou-se 1 acidente de trabalho grave e no distrito de Portalegre registaram-se 4 acidentes de trabalho graves e 1 acidente de trabalho mortal.

No ano de 2016 a Autoridade para as Condições no Trabalho (ACT) registou no distrito de Beja 3 acidentes de trabalho graves e 7 acidentes de trabalho mortais, no distrito de Évora a foram registados 10 acidentes de trabalho graves e 2 acidentes de trabalho mortais, já no distrito de Portalegre a ACT, registou 6 acidentes de trabalho graves e 3 acidentes de trabalho mortais.

Estes dados referem-se apenas aos acidentes de trabalho objeto de ação inspetiva no âmbito da atuação da ACT.

De acordo com a ACT, um acidente de trabalho é todo aquele que ocorre no local e no tempo de trabalho e produz direta ou indiretamente lesão corporal, perturbação funcional ou doença de que resulte redução na capacidade de trabalho ou a morte.

A Autoridade para as Condições no Trabalho também considera acidentes de trabalho os acidentes de viagem, de transporte ou de circulação, nos quais os trabalhadores ficam lesionados e que ocorrem por causa ou no decurso do trabalho, ou seja, quando exercem uma atividade ou realizam tarefas para o empregador.

 
 

Populares