31.5 C
Vila Viçosa
Sábado, Julho 20, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Ajuda Pública ao Desenvolvimento de Portugal subiu 17,5% em 2022

A Ajuda Pública ao Desenvolvimento (APD) de Portugal cresceu pelo segundo ano consecutivo, ascendendo a 480 milhões de euros em 2022, de acordo com os dados preliminares divulgados esta tarde pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).

Em relação a 2021, a APD de Portugal aumentou 17,5% em termos reais, o que constitui a maior subida registada desde 2010, correspondendo a 0,23% do Rendimento Nacional Bruto.

Este aumento da APD portuguesa reflete o empenho de Portugal no apoio continuado ao desenvolvimento sustentável dos nossos parceiros no continente africano, bem como na ajuda humanitária à Ucrânia no quadro da conjugação de esforços no âmbito multilateral, com enfoque na União Europeia.

Em termos de distribuição da APD de Portugal, a vertente bilateral registou um expressivo aumento de 31% em relação a 2021, contabilizando 186 milhões de euros e tendo como principais beneficiários Moçambique, Ucrânia e São Tomé e Príncipe, seguidos pela Guiné-Bissau e Cabo Verde.

Os fluxos multilaterais também registaram uma subida de 19% em comparação com o ano anterior, atingindo 294 milhões de euros, em resultado do reforço do contributo de Portugal para as parcerias com a União Europeia, o Banco Africano de Desenvolvimento e a Associação Internacional para o Desenvolvimento do Grupo Banco Mundial, em prol do desenvolvimento sustentável e inclusivo dos países parceiros.

O aprofundamento das parcerias com as organizações da sociedade civil registou igualmente um aumento significativo, na ordem dos 26% face a 2021.

Estes dados reafirmam o forte compromisso nacional com o aumento gradual e sustentado da APD, em linha com a Estratégia da Cooperação Portuguesa 2030, e estão acima da taxa de média de crescimento membros do Comité de Ajuda ao Desenvolvimento que registou um aumento de 13,6% face a 2021.

 

Foto: Economia ao Minuto

Populares