17 C
Vila Viçosa
Domingo, Julho 21, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

‘A Música na Corte da Rainha D. Maria II de Portugal’ mostra “a forma como a rainha promoveu a cultura junto do povo”, diz Alberto Ramalheira (c/som e fotos)

Inserido nas comemorações do bicentenário do nascimento da rainha D. Maria II, a Fundação da Casa de Bragança publicou a obra ‘A Música na Corte da Rainha D. Maria II de Portugal’, da autoria de Rui Castilho de Luna.

O livro foi apresentado no passado sábado, 1 de fevereiro, no Paço Ducal de Vila Viçosa.

A Rádio Campanário esteve presente na cerimónia e falou com Alberto Ramalheira, presidente do Conselho Administrativo da Fundação da Casa de Bragança, que começa por referir tratar-se de “uma obra integrada nas celebrações que realizámos durante todo o ano de 2019, do bicentenário no nascimento da rainha D. Maria II”.

O presidente do Conselho Administrativo explica que “já tivemos uma outra publicação sobre a sua vida mais inicial, esta é sobre o gosto muito particular que a rainha tinha sobre a música”.

“D. Maria II usou a música como forma de democratização em Portugal e de promoção da cultura junto do povo”
Alberto Ramalheira

 

Alberto Ramalheira considera que “todos estes aspetos foram muito bem trabalhados pelo autor, Rui de Luna”, acrescentando que “é a segunda vez que colabora nesta nossa coleção chamada dos Livros de Muitas Cousas, onde procura dar a conhecer aquilo que é nossa biblioteca e a nossa documentação”.

Para o presidente “este livro documenta muito bem toda a parte musical dos arquivos da fundação”.

{gallery}vv_pacoducallivro_2020{/gallery}

 

Populares