15.4 C
Vila Viçosa
Quarta-feira, Fevereiro 21, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

“Apesar do caminho já feito, a sociedade ainda discrimina as pessoas com deficiência” diz Pres. Da APPACDM Évora(c/som)

Celebra-se hoje o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência e o assinalar deste dia tem como objetivo promover os direitos e bem estar das pessoas com deficiência, na sociedade e a sua participação nos vários domínios social, cultural, económico e político.

Além disso, este dia visa também sensibilizar para o cumprimento da «Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência» e para a implementação da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, no que concerne aos objetivos que, direta ou indiretamente, se relacionam com esta causa.

Em declarações à Rádio Campanário, Rosa Moreira, Presidente da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Évora sublinhou a importância de comemorar este dia referindo “continua a ser necessária comemoração deste dia pois é neste dia que marcamos a importância de defender os direitos das pessoas com deficiência e das suas famílias” .

Apesar do caminho já percorrido, Rosa Moreira considera que “ainda continua a existir um estigma da sociedade para com as pessoas portadoras de deficiência , por vezes até bastante marcado.”

“É necessário desconstruir o descapacitismo” frisou a Presidente da APPACDM, tema este que dá o mote para o webinar que a própria Associação vai realizar na semana que vem em Évora.

“Eliminar todas as formas de discriminação e preconceito para com as pessoas com deficiência” é o fundamental sendo ainda necessário combater a “desvalorização das suas capacidades” considera Rosa Moreira cuja associação a que preside lida com este problema no dia a dia.

A APPACDM de Évora, apesar das dificuldades financeiras com que a associação se debate, o caminho está a ser feito , referindo “continuamos a lutar e a sensibilizar a comunidade para a necessidade da inclusão.”

A Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Évora e a Câmara Municipal de Évora, na prossecução deste objetivo vão distribuir na próxima semana um guia de atendimento, por todas as empresas e entidades de atendimento ao público “o objetivo é que este atendimento seja feito de forma mais inclusiva e assertiva.”

Populares