12.6 C
Vila Viçosa
Domingo, Abril 14, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Associação de Municípios do Alentejo Central reciclou mais 200 Toneladas em 2023

A Associação de Municípios do Alentejo Central reciclou em 2023 maisduzenrtas toneladas que em 2022.

de acordo com a AMCAL – Associação de Municípios do Alentejo Central, o Sistema Separar sem Parar, de recolha seletiva porta-a-porta, reciclou em 2023 mais 200 toneladas de resíduos do que em 2022, atingindo as 1850 toneladas recolhidas pelos municípios de Alvito, Cuba, Portel, Viana do Alentejo e Vidigueira e entregues para tratamento na Estação de Triagem de Vila Ruiva.

A exploração é da responsabilidade da Associação de Municípios do Alentejo Central (AMCAL).

2023 fica ainda marcado pelo facto de ter registado ainda uma marca histórica, ao se ter alcançado a capitação de 80 kg de resíduos recicláveis (papel/cartão, plástico/metal e vidro) recolhidos por cada habitante residente nestes cinco concelhos ao logo do último ano.

O aumento da reciclagem, fez-se sentir, na redução do lixo indiferenciado tendo em 2023 sido recolhidas apenas 8.973 toneladas, o que representa uma redução de 540 toneladas face a 2022.

O Secretário-Geral da AMCAL, Vítor Picado, realça que os objetivos com o sistema de recolha porta-a-porta da AMCAL, o Separar sem Parar, estão a ser cumpridos, estamos a aumentar significativamente a recolha seletiva e os materiais que seguem para reciclagem, a comparação entre 2022 e 2023, mostra isso mesmo, que diminuímos em 540 toneladas a quantidade de lixo indiferenciado que recolhemos.

Considera ainda que, no seu entender, Desta forma, as populações e as empresas dos nossos cinco concelhos, estão cada vez mais empenhadas na reciclagem seletiva, estão cada vez mais despertas para a importância de se reciclar e de todos, mas mesmo todos ajudarem a reduzir o impacto no meio ambiente.

Em termos de materiais reciclados ao longo de 2023, o papel cartão, foi o mais recolhido com cerca de 670 toneladas, seguido do vidro com 660 toneladas e das embalagens perto das 510 toneladas.

Por habitante, continua a ser o papel cartão com quase 30 kilos o mais reciclado, seguindo-se o vidro e as embalagens. Já no indiferenciado entre 2022 e 2023 cada residente no território AMACL produziu menos 24 kilos de lixo.

O sistema de recolha seletiva porta-a-porta, o Separar sem Parar está implementado nos cinco municípios da área de intervenção da AMCAL – Cuba, Alvito, Vidigueira, Portel e Viana do Alentejo, e faz a recolha de embalagens, latas, plásticos, vidro, papel e cartão, cobrindo cerca de 94% de todo o território abrangido pela AMCAL. Uma Operação CO- Financiada pelo POSEUR e cuja implementação ocorreu entre os anos de 2018 e 2023.

Para começar a Separar sem Parar, é necessário aderir de forma gratuita no seu município ou junta de freguesia de residência e quem já é aderente nos dias estipulados no calendário de recolhas, coloca os contentores à porta de casa ou dos estabelecimentos comerciais, para que os resíduos sejam recolhidos pelos serviços municipais. Apenas serão recolhidos resíduos devidamente separados.

Sobre a AMCAL

A Associação de Municípios do Alentejo Central (AMCAL), associação de municípios de fins específicos, foi constituída em 1991 e tem como principais áreas de atividade: ambiente e gestão de resíduos; abastecimento de água para consumo humano em alta (até julho 2010); saneamento básico (limpeza de fossas particulares e desobstrução de coletores de esgoto); turismo, cultura e património; metrologia (verificação de balanças e pesos)

Atualmente é constituída pelos municípios de Alvito, Cuba, Portel, Viana do Alentejo e Vidigueira, servindo uma população de 22 895 habitantes, com 21 freguesias e uma área total de 1 749 km2.

No que respeita ao ambiente e à gestão de resíduos, o sistema da AMCAL integra as seguintes infra estrutura e equipamentos: 1 aterro sanitário (Aterro Sanitário Intermunicipal de Vila Ruiva); 1 central de triagem (Vila Ruiva); 1 parque de resíduos recicláveis (Vila Ruiva); 5 ecocentros (Alvito, Cuba, Portel, Viana do Alentejo e Vidigueira); 3 estações de transferência (Vila Ruiva, Vidigueira e Portel); 18 viaturas de recolha e transporte de resíduos; 129 ecopontos municipais para deposição seletiva de resíduos urbanos. A AMCAL detém ainda participação nas instalações de Tratamento Mecânico e Biológico de Resíduos de Évora e Beja, bem como na instalação de produção de Combustíveis derivados de Resíduos (CdR) de Évora.

Foto: @AMCAL

Populares