12.6 C
Vila Viçosa
Domingo, Abril 14, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Beja: ASAE instaura processo-crime ao fornecedor de refeições em 5 escolas do concelho de Beja

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica, no âmbito das suas competências, através da sua Unidade Regional do Sul – Unidade Operacional de Évora, deslocou-se a Beja, no final da última terça-feira, imediatamente após ter sido acionada pelos canais próprios de alerta e de emergência, em estreita articulação com as autoridades de saúde locais, face à hospitalização de 70 crianças no Centro Hospitalar de Beja, as quais evidenciavam sintomas de natureza infeciosa ou tóxica, potencialmente causados pelo consumo de alimentos.

Conforme nota de imprensa enviada à nossa redação, a ASAE indica que em resultado da ação desta inspeção, apurou-se que a origem estava centralizada num centro cultural e social que procedia ao fornecimento das refeições em 5 escolas dos Agrupamentos de Escolas números 1 e 2 de Beja.

Assim, em estreita articulação com os serviços do Ministério Público territorialmente competentes, foram realizadas diversas diligências investigatórias, atinentes à descoberta da causa da toxinfeção alimentar, mediante recolha de prova e indícios microbiológicos.

Das diligências resultou a instauração de um processo-crime, por Corrupção de Substâncias Alimentares ou Medicinais, e a apreensão de vários géneros alimentícios – 240 ovos (com validade expirada) e 40 Kg de produtos alimentares -, por suspeitas de se encontrarem estragados, bem como, na recolha de 8 amostras dos alimentos ali confecionados e constantes da ementa semanal, as quais serão alvo de análise pelo Laboratório de Segurança alimentar da ASAE.

Populares