12 C
Vila Viçosa
Sábado, Fevereiro 24, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Câmara de Évora atribui responsabilidade da mortalidade de peixes no Lago da Malagueira à Águas Vale do Tejo

A Câmara Municipal de Évora, através de um comunicado enviado à nossa redação, atribui a responsabilidade da insalubridade no Lago da Malagueira, que orifinou a consequente mortalidade de peixes, à empresa Águas do Vale do tejo.

Na nota enviada pode ler-se “a Câmara Municipal de Évora informa que a insalubridade verificada nos últimos dias no Lago da Malagueira, e consequente mortalidade de peixes, se deveu à sobrecarga de um coletor localizado numa conduta de águas residuais “em alta”, sob responsabilidade da empresa Águas do Vale do Tejo, S.A., que originou descargas indevidas e a sua contaminação. “

De acordo com o referido comunicado “esta sobrecarga está associada à intempérie de 19 de janeiro” acrescentando ainda o Município que “apesar da edilidade não ter responsabilidade sobre este facto, desencadeou de imediato
algumas medidas de modo a minimizar o impacte provocado, promovendo durante vários dias a limpeza superficial do Lago.”

De acordo com a informação avançada pela Autarquia, “a empresa Águas do Vale do Tejo, S.A. já foi contactada, exigindo-se que desenvolva as diligências necessárias para evitar que situações idênticas ocorram no futuro.”

Adicionalmente, refere ainda o comunicado “os serviços municipais já procederam a colheitas de água para análise, pelo
que, enquanto não é conhecido o respetivo relatório, se apela que a fruição do Lago seja efetuada com prudência.”

Populares