22.6 C
Vila Viçosa
Domingo, Junho 23, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

CDU formaliza lista de candidatos às legislativas pelo círculo de Évora

A CDU – Coligação Democrática Unitária formalizou hoje a entrega da lista de candidatos às eleições legislativas de dia 6 de Outubro pelo círculo de Évora, cuja composição é a seguinte:

João Guilherme Ramos Rosa Oliveira – 40 anos, Advogado, Deputado do PCP na Assembleia da República, Presidente do Grupo Parlamentar do PCP, Membro da Comissão Política do Comité Central do PCP.

Vera Lúcia Serelha Prata- 34 anos, operadora de call center da fidelidade, delegada sindical do SINAPSA, membro do PCP

Valter Ricardo Borralho Lóios- 38 anos, operário na CM de Arraiolos, coordenador da USDE, dirigente do STAL, membro do CN da CGTP-IN, membro do Comité Central e do executivo da DOREV do PCP

Maria da Graça Nascimento- 45 anos, Professora, Dirigente do SPZS, membro do PCP

Patricia Andreia Weber Marcelino- 21 anos, mestranda em Psicologia na UE, dirigente da Ecolojovem do Partido Ecologista Os VERDES

Noel Alexandre Fontes Moreira- 32 anos, Geólogo/Investigador na área das Ciências da Terra na Universidade de Évora. Membro da Associação Portuguesa de Geólogos

e da Sociedade Geológica, dirigente associativo, membro da Assembleia Municipal de Estremoz. Independente

Foi apresentado como mandatário distrital o professor João Rebocho Simas- Independente.

A lista da CDU, bem como o elenco de mandatários apresentados, correspondem às características que distinguem a CDU como força de trabalho, honestidade e competência, uma força política de gente empenhada na luta dos trabalhadores e das populações pela melhoria das condições de trabalho e de vida e pelo desenvolvimento do distrito de Évora.

A esses elementos acrescenta-se o trabalho ímpar realizado pela CDU no Parlamento, dando cumprimento aos compromissos assumidos e confirmando que a CDU é a força política em quem os alentejanos do distrito de Évora podem continuar a confiar para defender os seus direitos e interesses.

A par da apresentação da lista de candidatos e mandatários, a CDU sublinhou ainda algumas das propostas que incluirão o seu compromisso eleitoral, das quais se destacam:

1- Aumento geral dos salários para todos os trabalhadores e a elevação do salário mínimo nacional para 850€;

2- Aumento real das reformas, com um aumento mínimo de 40 euros ao longo da legislatura e um mínimo de 10 euros a partir de Janeiro de 2020;

3- Creche gratuita para as crianças até aos 3 anos;

4- Medidas de prevenção, protecção e compensação dos trabalhadores por turnos e horário nocturno, designadamente com um subsídio de turno de 25%, antecipação da idade da reforma e aumento dos dias de férias;

5- Garantia da adjudicação da obra de construção do novo Hospital Central Público do Alentejo, em Évora, para entrada em funcionamento em 2023;

6- Modernizar e requalificar a rede rodoviária e ferroviária do Distrito, com prioridade para o investimento na ferrovia convencional, assegurando condições para o transporte de passageiros e mercadorias que permitam o desenvolvimento do distrito e da região, com estações e cais de mercadorias em Vendas Novas, Évora e Alandroal;

7- Garantia do direito à reforma por inteiro e sem penalizações com 40 anos de desconto;

8- Implementação de um Plano Nacional de Cultura suportado no objectivo de atingir 1% do Orçamento do Estado para a cultura;

9- Medidas para a diversificação da actividade económica, incluindo um Plano de Aproveitamento Agro-Industrial do Complexo de Fins Múltiplos de Alqueva, medidas de reestruturação fundiária que permitam o seu pleno aproveitamento produtivo e o incentivo e apoio à instalação de culturas tradicionais e ao desenvolvimento do sistema agro-silvo-pastoril do montado;

10- Eliminação das taxas moderadoras, reforço de meios e contratação dos profissionais em falta no Serviço Nacional de Saúde e reposição das condições de transporte de doentes não urgentes;

11- Assegurar o financiamento da Universidade de Évora em condições adequadas ao desenvolvimento das actividades de ensino e investigação, incluindo a criação de um curso de Medicina associado ao novo Hospital Central.

12- Desenvolver as medidas de promoção da utilização do transporte público com medidas de redução dos preços e de aumento da oferta;

13- Assegurar a reabertura das estações dos CTT encerradas no distrito em condições que sirvam as necessidades das populações e assegurem o serviço público postal como elemento de desenvolvimento do distrito;

14- Dispensa gratuita nas Unidades de Saúde do SNS e nas farmácias dos medicamentos para os doentes crónicos, as famílias com carência económica e doentes com mais de 65 anos;

15- Reposição das carreiras e do direito à progressão com a contabilização integral do tempo de serviço;

16- Garantir a gratuitidade dos manuais escolares em toda a escolaridade obrigatória recusando a reutilização obrigatória.

Populares