7.6 C
Vila Viçosa
Quinta-feira, Maio 23, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Centenas de pessoas em Campo Maior para o funeral do Comendador Rui Nabeiro

Segundo o Público, as ruas de Campo Maior, no distrito de Portalegre, foram apertadas para o número de pessoas que nesta terça-feira acorreu àquela localidade, a terra natal de rui Nabeiro, empresário que morreu este domingo aos 91 anos.

As cerimónias fúnebres decorreram na Igreja Matriz de Campo Maior, com a missa de corpo presente a iniciar-se às 12h, antes de o cortejo fúnebre seguir em direcção ao Cemitério Municipal da vila. Nesta cerimónia fúnebre estiveram ainda presentes o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o Primeiro Ministro, António Costa e o Presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva.

Centenas de pessoas permaneceram em silêncio nas ruas adjacentes à igreja matriz de Campo Maior durante a manhã. Acompanhavam as cerimónias religiosas, sem dizer palavra. O cortejo fúnebre saiu da igreja cerca das 14h em direcção ao cemitério.

Conforme pode ler-se na notícia feita pelo Público, Maria Martins, de lenço na mão, olhos vermelhos, balbuciou o que sentia face à morte de Rui Nabeiro. “Morreu o pai de todos nós.” Atrás, uma outra mulher, acrescentava: “Sem ele os meus filhos não estavam em Campo Maior. Com ele, puderam governar as suas vidas e sustentar as suas famílias.”

O Arcebispo de Évora, Francisco Senra Coelho, foi quem presidiu à missa de corpo presente e, identificou no percurso de vida do empresário um exemplo de consolação, e de conforto. “Aprendemos com ele a superar as dificuldades como as que vivemos no presente.”

Em declarações ao Público, o Primeiro Ministro António Costa realçou que, por seu lado, a obra do empresário que teve o mérito de instalar uma multinacional numa terra do interior. E recordou como, em Bruxelas, onde chegou a viver, existia junto da sua casa um estabelecimento comercial onde podia “comprar cafés Delta”.

Já o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, segundo o jornal Público, não prestou declarações aos jornalistas à chegada.

 

 

Foto: Público

Fonte: Público

Populares