9.8 C
Vila Viçosa
Terça-feira, Abril 23, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Covid 19: Reguengos de Monsaraz regista já 136 casos recuperados e está hà 22 dias sem novos casos

A Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, acaba de publicar na sua página oficial de facebook, o ponto da ituação Epidemiológica do Concelho de Reguengos de Monsaraz, às 18 horas do dia de hoje, 1 de agosto.

Segundo indica o Município, “no dia de hoje podemos destacar mais 5 pessoas curadas: 3 utentes da ERPI da Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva (FMIVPS) e 2 pessoas da comunidade. O surto encaminha-se para a sua resolução, após 22 dias sem novos casos positivos. Será formalmente considerado resolvido após 28 dias sem novos casos.”

Assim, a ” situação epidemiológica do Concelho regista hoje 170 CASOS POSITIVOS ACUMULADOS, 136 DOS QUAIS CURADOS, 16 ATIVOS e 18 ÓBITOS.
Deste valor total de 16 CASOS ATIVOS relacionados com o último surto, registamos 14 na FMIVPS e 2 na comunidade (53 curados e 1 óbito). Estes números verificam-se num universo de cerca de 2.460 testes com resultado conhecido até ao dia de ontem, no qual foram conhecidos resultados de aproximadamente 10 testes. Estão previstos para hoje e amanhã mais cerca de 20 testes. Relativamente ao foco infecioso verificado no Lar da FMIVPS, registamos ao dia de hoje 1 caso positivo ativo em trabalhadores (24 casos curados e 1 óbito) e 13 utentes (51 curados e 16 óbitos).”

No que diz respeito ao estado de saúde dos doentes ainda ativos, informa que “encontram-se 3 utentes do Lar no HESE, 1 dos quais em cuidados intensivos. Dos casos de infeção na comunidade registamos 1 caso internado em cuidados intensivos.”

No que diz respeito ao dados constantes do relatório da DGS “referenciamos igualmente que o relatório diário nº 152, emitido hoje pela Direção-Geral da Saúde, mantém a referência a 154 casos positivos acumulados valor este que se refere ao final do dia 26 de julho e deverá ser atualizado nos próximos dias, de acordo com a informação mais recente que disponibilizamos neste relatório.”

O Município termina deixando um apelo à população “continua a ser FUNDAMENTAL todos estarmos MUITO ATENTOS aos sintomas de COVID-19, os quais podem variar em gravidade, desde a ausência de sintomas (sendo assintomáticos) até febre (temperatura ≥ 38.0ºC), tosse, dor de garganta, cansaço e dores musculares e, nos casos mais graves, pneumonia grave, síndrome respiratória aguda grave, septicémia ou choque sético. A FASE DE DESCONFINAMENTO É UM PERÍODO MUITO PERIGOSO DA PANDEMIA. É obrigatório o cumprimento de todas as normas impostas pela atual situação de pandemia: O DISTANCIAMENTO FÍSICO E A REGULAR HIGIENE DAS MÃOS.
Assim, é muito importante tentarmos manter a serenidade coletiva e termos CONSCIÊNCIA DA ENORME IMPORTÂNCIA DE UTILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL (EPI) E DO CUMPRIMENTO RIGOROSO DE TODAS AS REGRAS DE HIGIENE INDIVIDUAL. Contamos com a responsabilidade de TODOS!”
 

Populares