16.7 C
Vila Viçosa
Quarta-feira, Abril 17, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Desde o início do ano já se registaram mais de 1500 acidentes rodoviários nas estradas do Alentejo

As vítimas mortais resultantes da sinistralidade rodoviária no distrito de Évora têm vindo a diminuir. Segundo o relatório da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (SNSR), até 15 de maio, 4 pessoas perderam a vida nas estradas do distrito quando em igual período do ano transato foram 6 as vítimas mortais e em 2013, 8 mortes. 

Relativamente aos acidentes rodoviários, houve um aumento comparativamente a igual período do ano transato, mas uma diminuição em relação a 2013. Em 2015, até 15 de maio registaram-se 519 acidentes, mais 3 que em igual período de 2014, mas menos 24 que em 2013.

As estradas do distrito de Évora fizeram ainda 7 feridos graves, resultantes dos 519 acidentes contabilizados.

No distrito de Beja, até 15 de maio de 2015 a ANSR registou 676 acidentes dos quais resultaram 13 vítimas mortais e 56 feridos graves, um aumento quando comparado com igual período do ano passado quando foram registados, 666 acidentes, 4 mortos e 35 feridos graves.

Já no distrito de Portalegre, no mesmo período, o número dos acidentes diminuiu, 388 em 2015, 471 em 2014, mas 343 em 2013.

Quanto a vítimas mortais, este ano já perderam a vida, 6 pessoas, nas estradas do distrito de Portalegre, quando em 2014 foram 3 e em 2013, 5.

Quanto a feridos graves, houve este ano, até 15 de maio, 24 feridos graves, 26 no ano de 2014 e 16 em 2013.      

Na maioria dos distritos, no ano de 2015 já se registaram mais mortes nas estradas, comparativamente ao ano anterior. Em todo o país, entre 1 de janeiro e 15 de maio, perderam a vida 181 pessoas, mais 28 mortes que em 2014. Lisboa (20), Aveiro (19) e Setúbal (17) comandam a lista da mortalidade rodoviária. No fundo da tabela estão Bragança com 1, Viana do Castelo com 2 e Vila Real com 3 vítimas mortais.

Populares