34.8 C
Vila Viçosa
Quinta-feira, Julho 25, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Dia da Europa: “Celebrar este dia em Évora reconhece a importância, qualidade e beleza que a cidade tem” diz Ana Paula Amendoeira(c/som)

Comemora-se hoje o Dia da Europa e a Comissão Europeia escolheu Évora para assinalar esta data.

As cerimónias realizaram-se esta tarde no Palácio de D. Manuel e no Jardim Público organizadas com o apoio da Câmara Municipal de Évora e em colaboração com um leque de entidades, sobretudo locais.

A Rádio Campanário esteve presente falou com Ana Paula Amendoeira, Diretora Regional de Cultura do Alentejo que em declarações à RC referiu “é muito importante, para todos nós, que essa decisão tenha recaído sobre a cidade de Évora  e que se concentrem aqui as comemorações nacionais” acrescentando ainda “é um reconhecimento da importância que a cidade tem, da qualidade patrimonial e da beleza que tem e por isso orgulha todos com certeza.”

A Diretora Regional de Cultura sublinha ainda “a importância do programa e dos conteúdos que decorrem neste dia, nomeadamente em termos de decisões e de pedagogia e de uma certa mudança de olhar, e que é necessária: mais coesa, mais integradora e mais humanista e inclusiva.”

“Este dia da europa é especial pela situação que  vivemos atualmente, por causa da guerra da Ucrânia,  e que nos confronta com a dura realidade de que a paz não é um dado adquirido e a democracia também não, temos que lutar por elas todos os dias” referiu ainda a responsável pela Cultura no Alentejo que considera ainda que “os valores da europa têm que sai daqui mais reforçados.”

Para Ana Paula Amendoeira, a celebração deste dia deve ainda ser aproveitada “para repensar o futuro que a europa tem que dar ao mundo” reforçando o seu contentamento  “pelo facto de ter sido escolhido o Alentejo para celebrar este dia “.

 A Diretora Regional de Cultura do Alentejo, Ana Paula Amendoeira, manifestou ainda, a propósito das declarações dos altos responsáveis na celebração que hoje se realizou em Évora, estar esperançada  uma vez que nas suas intervenções , “abordaram a questão da Europa enquanto centro, o que nos deve fazer pensar, refletir e agir no sentido de conservarmos e salvaguardarmos o que são os nossos valores sendo a cultura uma área privilegiada para trabalhar aquilo que são os valores da paz, das identidades.”

Populares