31.5 C
Vila Viçosa
Sábado, Julho 20, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

“Entre muitos murros no estômago que a vida já me deu, este é inegavelmente o mais forte e doloroso “Luís Godinho

Luís Godinho, árbitro português natural de Borba, enfrenta uma dolorosa tragédia familiar após a morte súbita da sua mãe, Fátima Godinho, de 62 anos. A fatalidade ocorreu em São Miguel, onde a sua mãe estava de férias. Enquanto tirava fotografias na zona da Ribeira dos Caldeirões, Fátima desequilibrou-se e caiu de uma altura de 20 metros.

Em profunda dor, Luís Godinho deixou uma mensagem nas redes sociais, expressando o seu sofrimento e agradecendo as palavras de conforto de amigos e conhecidos neste momento difícil.

“A mais dura viagem da minha vida,” escreveu o árbitro. “Quis o destino que fizesse hoje, dia 8 de julho de 2024, pelas 12h35, mais uma viagem, desta feita de avião. De entre dezenas que já fiz, esta está e vai ser verdadeiramente a mais dura e mais difícil.”

Luis Godinho explicou que a razão da viagem não se prende com férias nem com nenhum jogo internacional, mas sim com a busca de respostas para uma dor imensa. “Entre muitos murros no estômago que a vida já me deu, este foi inevitavelmente o mais forte e doloroso, ao ponto de me mandar ao chão.”

Apesar da revolta com a vida, Luís expressou a sua gratidão pelo apoio recebido. “Apesar de muito revoltado com a vida, o imenso respeito, estima e amizade que nutro por todos vocês, fazem com que escrevesse algo para vos agradecer de coração a todas e a todos aqueles que se juntaram a mim e à minha família neste momento de dor.”

Populares