32.6 C
Vila Viçosa
Segunda-feira, Julho 22, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Estrutura Residencial para Idosos de Perolivas inaugurada esta sexta-feira pela ministra Maria do Rosário Ramalho

A Estrutura Residencial para Idosos, Centro de Dia e Serviço Domiciliário de Perolivas vai ser inaugurada amanhã, dia 21 de junho, às 17h30, pela Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Maria do Rosário Ramalho. Esta obra do Município de Reguengos de Monsaraz iniciou-se neste mandato autárquico liderado pelo Partido Social Democrata, foi executada em 16 meses e representou um investimento de cerca de 1,32 milhões de euros, comparticipado em 1,02 milhões de euros pelo FEDER.

A Estrutura Residencial para Idosos, Centro de Dia e Serviço Domiciliário de Perolivas tem sete quartos duplos, um quarto triplo e três individuais, receção, sala de reuniões, gabinete administrativo, gabinete da direção, instalações sanitárias comuns, sala de pessoal, cozinha, lavandaria, sala de refeições, sala de atividades para os utentes, gabinete de enfermagem e área de banhos assistidos. O edifício tem capacidade para 20 residentes e 12 utentes no centro de dia e o serviço de apoio domiciliário poderá efetuar o tratamento de roupas de 13 pessoas e servir refeições a 72 beneficiários.

O investimento comparticipado pelo FEDER incluiu a empreitada, os equipamentos para a cozinha e o mobiliário para todos os espaços, enquanto a autarquia decidiu adquirir com fundos próprios e sem apoios os equipamentos para a lavandaria e para a climatização, no valor de 50 mil euros.

Durante a cerimónia de inauguração da Estrutura Residencial para Idosos, Centro de Dia e Serviço Domiciliário de Perolivas vai ser homenageada a família que doou uma parte do terreno para a construção da infraestrutura, com a atribuição à sala de convívio da designação de Sala Matilde Lopes Rosado. Nesta ocasião, a câmara municipal vai entregar as chaves deste equipamento social à Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos de Perolivas, entidade que vai ficar responsável pela sua gestão e assegurar os licenciamentos para que posteriormente possa entrar em funcionamento.

Populares