13.7 C
Vila Viçosa
Quinta-feira, Fevereiro 29, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Eurodeputado Carlos Zorrinho comenta a contestação dos Agricultores, investigação na Ilha da Madeira e as últimas sondagens às legislativas, na Rádio Campanário(c/som)

Eurodeputado Carlos Zorrinho comenta a contestação dos Agricultores, investigação na Ilha da Madeira e as últimas sondagens às legislativas, na Rádio Campanário(c/som)

O Eurodeputado Carlos Zorrinho comentou na revista de imprensa desta terça-feira a contestação dos Agricultores, a investigação na Ilha da Madeira e as últimas sondagens às legislativas.

No que diz respeito ao primeiro tema, o eurodeputado socialista começou por referir “não conheço profundamente as contestações mas espero que se resolva rapidamente este diferendo porque estamos a viver um momento em que é preciso apoiar os agricultores por causa da inflação e das questões climáticas, que têm interferido nas suas vidas.”

Carlos Zorrinho destacou ainda a importância de salvaguardar “a nossa segurança alimentar e a capacidade das pessoas acederem aos produtos agrícolas e dos nossos agricultores se manterem no campo e a produzirem .”

No que diz respeito ao segundo tema, o Eurodeputado do PS começou por referir “este caso da madeira afeta como é óbvio a credibilidade geral da política, para a qual toda esta situação é muito má” acrescentando “espero que haja uma resposta sólida e rápida por parte da justiça para que os portugueses não percam a confiança nos políticos.”,

Para tal é necessário “separar o trigo do joio, ou seja quem cumpre e quem não cumpre, e não tenho duvidas que a maioria dos políticos em Portugal são pessoas éticas” frisou ainda.

Em relação ao PSD, Carlos Zorrinho adiantou “o PSD que tanto insistiu com uma narrativa infeliz dos casos e casinhos do Governo tem agora entre mãos um casão”

No que diz respeito às últimas sondagens para as eleições legislativas de 10 de março que dão um empate técnico entre o PS e a AD, Carlos Zorrinho salientou “todas essas sondagens são fotografias, o que interessa mesmo é como o filme se vai desenrolar e qual vai ser a fotografia no momento da meta.”

No que diz respeito ao candidato do PS e quanto ao recuo verificado nesta sondagem por parte do PS, Carlos Zorrinho sublinhou “continua a haver um número muito elevado de indecisos.”

Populares