15.4 C
Vila Viçosa
Quarta-feira, Fevereiro 21, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Eurodeputado Carlos Zorrinho comenta as sondagens para as próximas legislativas e as eleições internas do PS, na Rádio Campanário.

No comentário semanal na Rádio Campanário, o Eurodeputado Carlos Zorrinho comentou o resultado das últimas sondagens para as próximas legislativas e as eleições internas para escolher do Líder do PS.

No que diz respeito ás sondagens conhecidas, que dão um reforço ao PS e uma subida ao chega, o Eurodeputado do PS referiu “os Portugueses têm mostrado sempre uma enorme lucidez sempre que votam e a verdade é que o PS é de facto o partido que pode garantir a continuidade de algumas medidas que têm sido importantes para a credibilidade externa do País e, ao mesmo tempo, com uma nova liderança, está aberto a corrigir algumas coisas.”

Questionado sobre o facto de a percentagem das intenções de voto do PS, juntamente com as do BE e CDU não serem suficientes para o regresso de uma geringonça, o Eurodeputado Socialista referiu “são os portugueses que vão decidir e em função das percentagens, não colocando o CHEGA na equação pois o PS nunca o colocará na equação, será encontrada a solução possível.”

Na sua opinião , e justificando o apoio que dá à candidatura de José Luís Carneiro para líder do PS, explica “acredito que José Luís Carneiro, em função dos números terá a capacidade de poder, ou viabilizar um governo com um apoio parlamentar do PSD , ou viabilizar um governo com um acordo parlamentar à esquerda.”

No que diz respeito aos candidatos para a liderança do PS, o facto de ter surgido uma nova candidatura, Daniel Adrião, e a propósito de este referido que “o PS precisa de se apresentar de cara lavada e que a casa cheira a mofo”, o Eurodeputado do PS refere “eu sou militante do PS, reconheço que a cara tem que ser renovada, a renovação é sempre algo que faz bem aos partidos mas no PS não me cheira nada a mofo”

Populares