12.6 C
Vila Viçosa
Domingo, Junho 16, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Évora: Cluster da Aeronáutica promete criar cerca de mil postos de trabalho com um investimento global na ordem dos 170 milhões de euros (c/som)

A cidade de Évora poderá vir a acolher o Cluster da Aeronáutica, Espaço e Defesa (AED Cluster), um projeto dinamizado por três associações nacionais do setor e cuja criação foi candidatada ao IAPMEI.

Recorde-se que em agosto de 2015, Carlos Pinto de Sá avançava que a criação do cluster juntava a PEMAS – Associação Portuguesa da Industria Aeronáutica, DANOTEC – Associação das Empresas de Defesa, Armamento e Novas Tecnologias e a PROESPAÇO – Associação das Indústrias do Espaço, tendo já sido candidatado a um concurso do IAPMEI, no âmbito do processo de reconhecimento de clusters de competitividade.

De salientar que segundo informação avançada na altura, o cluster agrupa um conjunto de associações que são hoje essenciais para a dinamização de um novo paradigma económico nacional, apostando fortemente no desenvolvimento tecnológico e na inovação, cujos benefícios são transversais a outros setores com impactos bastante positivos tanto a nível económico como social.

Agora Carlos Pinto de Sá revelou à Rádio Campanário que o município vai avançar com a criação do Cluster da Aeronáutica, Espaço e Defesa “que significa um investimento que já está em curso” e que representa um custo “global na ordem dos 170 milhões de euros e que pode subir”.

O Presidente da Câmara Municipal de Évora antevê que “no prazo de dois ou três anos”, possam ser criados “quase mil postos de trabalho”.

Populares