28.7 C
Vila Viçosa
Domingo, Maio 26, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Évora recebeu Conferência Internacional integrada no programa Transforma

Bol

No âmbito do Transforma – Programa para uma Cultura Inclusiva do Alentejo Central, realizou-se ontem, dia 22 de junho em Évora, uma Conferência Internacional no sob o tema “Cultura, Comunidade e Saúde: As artes e a criatividade na construção de comunidades saudáveis”, no Teatro Garcia de Resende.

A Conferência contou com oradores nacionais e internacionais, especialistas que apresentaram evidências do sucesso da prescrição médica de atividades culturais e artísticas na melhoria dos níveis de saúde e bem-estar dos cidadãos.

A sessão de abertura ficou a cargo de Jerónimo José, Secretário Intermunicipal da CIMAC e Maria Filomena Mendes, Presidente da ARS Alentejo.

Seguiram-se intervenções de Calum Smith da OMS Europa, Ana Isa Coelho da CIMAC, Alexandra Burton da UniversityCollege London, Anita Jensenda Universidade de Lund e Ana Matos Pires da Coordenação Nacional das Políticas da Saúde Mental.
 
Durante a tarde, o palco do Teatro Garcia Resende recebeu novos oradores: Victor Ramosda Fundação para a Saúde – SNS; Mikael Odder Nielsen, líder de um projeto de prescrição cultural na Dinamarca; Marta Espinós do projeto Cultura enVena; Cristiano Figueiredo do grupo Prescrição Social Portugal e Patrícia Claudino e Mariana Passos da Associação Cultural Pó de Vir a Ser que apresentaram o projeto de prescrição culturalque irá ser implementado em 8 dos 14 municípios do Alentejo Central.
 
Ambas as sessões, manhã e tarde, terminaram com um debate com participação dos oradores no qual foram apresentadas evidências do sucesso da prescrição médica de atividades culturais e artísticas na melhoria dos níveis de saúde e bem-estar dos cidadãos e foram esclarecidas questões do público presente.
 
Relacionada com a implementação do Projeto de Prescrição Cultural, esta conferência trouxe ao debate público uma abordagem multidisciplinar sobre problemáticas no âmbito da Saúde, em concreto as de saúde mental, o que resulta na criação de redes de parcerias entre o setor cultural e os cuidados de saúde primários.
 
Tratando-se a prescrição cultural de um projeto piloto dentro do Transforma, a CIMAC pretende lançar o desafio da introdução de uma lógica de utilização de recursos existentes nos três setores referidos, com o ecossistema cultural a destacar-se na construção de comunidades saudáveis, sendo este o grande mote para a realização do evento.
 
O Transforma é um programa financiado pelo Fundo Social Europeu – Alentejo 2020, e pretende estabelecer uma abordagem diferenciadora na forma como a cultura pode ser geradora de coesão e inclusão social, de crescimento económico, de práticas ambientais sustentáveis, numa lógica de cidadania participativa e de proximidade territorial.

Populares