8.7 C
Vila Viçosa
Domingo, Fevereiro 25, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Gonçalo Guerreiro fez jus ao nome, lutou e venceu a BP Ultimate 4 Horas SSV Vila de Fronteira

O jovem Gonçalo Guerreiro fez jus ao seu nome e venceu a 11.ª edição da BP Ultimate 4 Horas SSV Vila de Fronteira, só perdendo o comando da prova durante as paragens nas boxes.

O piloto oficial da Polaris, indica a organização, liderou um pelotão de 33 concorrentes, onde Pedro Santinho Mendes (Can-Am) e Alexandre Pinto (Can-Am) completaram o pódio.

Como já é habitual, as 4 Horas SSV abriram o programa competitivo de sábado, em Fronteira, numa prova com 33 concorrentes e pontuável também para o Challenge da FMP. Vencedor da prova do ACP em 2022, Pedro Santinho Mendes (Can-Am) conseguiu a pole position, mas Gonçalo Guerreiro fez um arranque-canhão e colocou-se na liderança do pelotão logo na primeira curva.

O jovem piloto de Cascais comandou grande parte da corrida e só perdeu a liderança nas paragens nas boxes mas viria a recuperar a liderança já nos últimos 10 minutos e estreou-se a ganhar em Fronteira, depois de ter subido ao pódio em 2021 e 2022.

Uma vitória emotiva, pois o piloto da JB Racing Polaris deveria ter sido acompanhado pelo irmão, Tiago Guerreiro, que teve de abdicar da corrida à última hora devido a um imprevisto familiar.

“Estou mesmo muito contente, Fronteira é especial e torna-se muito gratificante ver milhares e milhares de pessoas ao longo da pista, tantas pessoas que gostam deste desporto. Ganhar aqui a melhor forma de terminar um ano difícil, um ano de mudança, mas eu, o carro, os mecânicos e a equipa fizemos a diferença. Muito obrigado a todos! O meu irmão deveria ter corrido comigo, mas teve de ir para casa porque tivemos um pequeno problema de saúde com a minha sobrinha. Felizmente está tudo bem”, referiu Gonçalo Guerreiro.

Fonte/Foto: 24Horas TT Fronteira

Populares