10.4 C
Vila Viçosa
Sexta-feira, Junho 21, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Grândola: PAN vai questionar Ministro do ambiente sobre a venda do parque de Campismo da Galé!

O PAN vai questionar por escrito o ministro do Ambiente e da Ação Climática sobre a venda do Parque de Campismo da Galé, no concelho de Grândola.

A notícia foi avançada pela porta voz do partido, conforme notícia avançada pela Renascença. Inês de Sousa Real considera “Neste contexto em que estamos, na iminência de uma eventual dissolução da AR, iremos fazer a pergunta por escrito, senão chamaríamos também o ministro [João Matos Fernandes] a ser ouvido nas audições das comissões parlamentares”, depois de realizada  uma reunião com o Grupo de Trabalho de Utentes da Galé (GTUG), para auscultar as preocupações dos utilizadores do parque de campismo.

O parque de campismo foi vendido a um consórcio norte-americano por 25 milhões de euros.

Para já, o PAN fez entrar “esta semana”, na Assembleia da República, “um projeto de resolução que recomenda ao Governo que faça tudo o que esteja ao seu alcance para salvaguardar os valores ambientais, mas também sociais, da região” sublinhando a responsável partidária que “Falamos de mais de 4.000 pessoas que todos os anos usam este parque [de campismo da Galé]. Os “resorts” de luxo não vêm aportar mais valor ao desenvolvimento local, muito pelo contrário, vêm desertificar a região e criar apenas um turismo muito sazonal e pontual, de uma determinada comunidade, que não está acessível a todas as pessoas do nosso país”.

Para os utentes, frisou, o que está em causa é “a permanência no local”, um parque de campismo que já existe “há mais de 30 anos” e no qual vários utentes têm alvéolos contratados a tempo inteiro, mas não têm “os direitos acautelados” ainda que considerem que “O negócio é lícito. O parque fecha, as pessoas vão perder todos os seus investimentos. Porque 99% não vão ter onde pôr os seus bens. Há muitos equipamentos que nem sequer são deslocáveis, portanto, tudo isso vai ser perdido e o concelho vai perder estas pessoas”

A venda do Parque de Campismo da Galé, no concelho de Grândola (Setúbal), a um consórcio norte-americano está a gerar indignação local e motivou o lançamento de duas petições públicas que exigem a manutenção daquela infraestrutura.

O  Parque de Campismo da Galé foi comprado pelo consórcio norte-americano Discovery Land Company à Imobiliária das Ilhas Atlânticas, por 25 milhões de euros, com o objetivo de reforçar a aposta no litoral alentejano.

Fonte: Renascença

Populares