17 C
Vila Viçosa
Domingo, Julho 21, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Início de ano letivo assinalado com novos recursos no Alto de S. Bento em Évora!

Conhecer o Núcleo Museológico do Alto de S. Bento e a sua oferta de atividades lúdico-pedagógicas foi o ponto de partida para a sessão de boas-vindas ao pessoal docente e não-docente das escolas do Concelho, incluindo professores das Atividades de Enriquecimento Curricular (AEC’s), que decorreu durante o dia 12 de setembro, no referido local.

Um projeto educativo que a Câmara Municipal de Évora disponibiliza à comunidade em: https://www.cm-evora.pt/municipe/projetos-municipais/pel-projeto-educativo-local/projetos-educativos/nucleo-museologico-do-alto-de-s-bento/

O Vice-Presidente deu as boas vindas e diversos técnicos municipais ofereceram explicações e atividades aos participantes, não faltando sequer um momento musical num dos moinhos, proporcionado pelo músico Tó-Zé Bexiga.

Foi um dia de aprendizagem sobre aquele local em termos geológicos, históricos, arqueológicos, entre outros aspetos. Serviu também para a apresentação de um novo recurso educativo: uma aula sobre Pré-História que tem também uma componente prática, com demonstrações de disparo de armas da época, fogo com sílex, entre outras atividades e que cativou bastante os participantes.

Setembro marca o arranque do novo ano letivo e com ele o profundo envolvimento da Câmara Municipal de Évora para garantir o melhor funcionamento possível. Um trabalho que se desenvolve de igual modo ao longo do ano no apoio aos estabelecimentos de Educação e Ensino, mas também de toda a comunidade educativa.

Neste âmbito, realça-se o papel da autarquia eborense na procura de melhores condições de trabalho para docentes e não docentes, continuando a investir na melhoria do Parque escolar a seu cargo, de acordo com um planeamento de intervenções definido por prioridades em articulação com os agrupamentos de escolas.

Refira-se que no ano civil transato foram realizadas 271 intervenções e investidos 1.124.950,59€ no Parque Escolar. As intervenções consistiram fundamentalmente em recuperações de espaços de recreio, melhoria de condições de climatização, manutenção e conservação dos edifícios (pinturas, melhoramentos de coberturas) e modernização

de salas de aula.

Foram terminadas grandes intervenções nas EB S. Mamede e EB Manuel Ferreira Patrício, foram requalificados os recreios das EB Heróis do Ultramar e EB Bairro da Câmara, substituídas caixilharias e está atualmente em curso, com a participação da CIMAC, uma intervenção estruturante na EB Horta das Figueiras.

Neste novo ano letivo também prosseguirá na resposta a projetos específicos empreendidos pela comunidade escolar, próximos e de respeito pela natureza, apostando, na criação de hortas pedagógicas, de jardins aromáticos, de jardins sensoriais e de outros projetos dinamizados pelas Eco Escolas, criando condições que estimulem processos de aprendizagem no espaço exterior em harmonia com os princípios da sustentabilidade ambiental.

Para apoiar diretamente as famílias, a Câmara Municipal promoveu igualmente a extensão do Cartão do Município Solidário (anteriormente exclusivo para idosos e pensionistas) a famílias em situação de vulnerabilidade (contemplando apoios na área da saúde e educação) e mantem o programa de Suplementos Alimentares e a promoção da extensão das respostas dos programas de Atividades de Tempos Livres “Okupa-te” e ‘Ser a Brincar”, criando mais vagas e condições para garantir a participação e inclusão de crianças com necessidades educativas especificas.

Procedeu ainda à renovação/qualificação da oferta do programa de Atividades de Enriquecimento Curricular, correspondendo aos horários e projetos que os Agrupamentos consideram ser de complementaridade e melhoria da oferta educativa.

Mantem os serviços de Refeição, em articulação com as Uniões/Juntas de Freguesia e instituições sociais, com confeção no local ou serviço de almoço em todas as escolas, garantindo uma refeição completa com base numa ementa equilibrada, elaborada por nutricionista, mantendo o mesmo valor base de refeição para as famílias (1,46€) e os benefícios de acordo com o escalão de Ação Social Escolar, ou seja, gratuitidade/isenção para crianças e alunos que se encontrem posicionados no escalão A e redução em 50% do valor para as crianças e alunos posicionados no escalão 8.

Para as famílias que se encontrem a atravessar um período de dificuldade socioeconómica, existe a possibilidade de acionar apoios específicos, devendo estas dirigirem-se à Divisão de Educação e Intervenção Social no Pátio do Salema.

A Câmara Municipal assegura igualmente Apoios ao Funcionamento através da atribuição aos Agrupamentos de Escolas de uma verba de 200,00€, por sala de atividades/turma, para apoio a aquisições várias a usar de acordo com as necessidades de cada Estabelecimento de Educação e Ensino e a valorização e qualificação da Oferta Educativa Não Formal nas áreas da Cidadania, Ciência e Ambiente, Património e Cultura e Saúde e Desporto, através de equipamentos municipais de referência como o Alto de S. Bento, com um conjunto variado de atividades de enriquecimento curricular no domínio das ciências, história, património e da experimentação; o Centro Interpretativo da Cidade de Évora, com uma oferta sedeada no Palácio de D. Manuel; Piscinas Municipais, com a realização de aulas de natação aos alunos do 4º ano; e a Ludoteca, cuja requalificação está em fase de conclusão.

 

Populares