23.7 C
Vila Viçosa
Quarta-feira, Maio 22, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Município de Nisa cria solução “digna e provisória” ao encerramento da Extensão de Saúde de Alpalhão

O Município de Nisa anunciou que foi criada uma solução “digna e provisória” ao encerramento da Extensão de Saúde de Alpalhão, que se encontra inativa desde início de 2020, devido às más condições do edifício da antiga Casa do Povo, propriedade da Segurança Social, decorrente das infiltrações.

Em comunicado, a autarquia refere que “atendendo às preocupações da população, e sendo este um tema primordial ao bem-estar dos munícipes daquela freguesia, a câmara municipal de Nisa encetou conversões, em janeiro, junto da direção administrativa da Unidade de Saúde Local do Norte Alentejo (ULSNA), por forma a propor uma solução provisória que permitisse restituir o direito ao serviço de proximidade, pelo médico de família, a que a população de Alpalhão tem direito!”

A proposta da Câmara para receber provisoriamente a Extensão de Saúde de Alpalhão incide no Centro Cultural Prof. José Maria Moura, “por este oferecer condições condignas, possuir fáceis acessos e, com as devidas adaptações entretanto realizadas, a privacidade necessária a este tipo de serviço, bem como os espaços adequados ao bom trabalho dos médicos, enfermeiros e administrativos que ali exercerão as suas funções”. O novo espaço estará disponível a partir do dia 5 de maio.

Para o município, esta medida “pretende colocar fim às soluções avulsas, protagonizadas pela Coordenação da Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP) de Nisa, conjuntamente com o executivo da Junta de Freguesia de Alpalhão, totalmente desadequadas e criadas à revelia da Câmara Municipal, designadamente uma solução para os trabalhos de enfermagem em ambiente desprovido de privacidade e com difícil acesso, e a “solução descabida” de transporte de utentes ao Centro de Saúde de Nisa”.

A Câmara Municipal de Nisa frisou ainda que já está a ser delineada pela USNA e pela autarquia “uma solução definitiva para este problema que devolverá a prestação de serviços de saúde, de forma estável, digna e segura, à freguesia de Alpalhão”.

Populares