13.2 C
Vila Viçosa
Sexta-feira, Junho 21, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Município de Reguengos de Monsaraz inaugura Caminho Municipal 1124-2

O Caminho Municipal (CM) 1124-2 que tem a extensão de 4,3 quilómetros vai ser inaugurado no dia 25 de abril às 12h30, após obras de requalificação e beneficiação no valor de 1,2 milhões de euros.

A foi financiada pelo INALENTEJO – QREN com uma comparticipação FEDER de cerca de 963 mil euros. O CM 1124-2 está localizado na sua grande maioria na Freguesia de Corval, inicia-se imediatamente após o entroncamento com a EN 255 para Alandroal e termina após a povoação de Carrapatelo. Esta estrada entronca também com o CM 1124 que liga Santo António do Baldio a S. Pedro do Corval.

O projeto consistiu fundamentalmente na construção de um trecho novo com correção do traçado e na beneficiação do restante com reforço estrutural do pavimento e com alargamento da plataforma e da faixa de rodagem. As obras incluíram ainda a melhoria das condições de drenagem, sinalização e equipamento de segurança, a construção de uma nova ponte sobre a Ribeira do Álamo e o arranjo da travessia urbana de Carrapatelo. A nova ponte tem 4,8 metros de altura e uma largura total de 9,5 metros, incluindo a faixa de rodagem, bermas e passeios de serviço.

José Calixto – Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz

“Por questões hidráulicas de preservação da nova obra de arte, desobstrução a jusante das margens da Ribeira do Álamo, assim como a regularização das margens nesse ponto e nos 35 metros que separavam as duas infraestruturas rodoviárias, a demolição da ponte antiga foi a solução preconizada, preservando, desta forma, a nova infraestrutura sempre seguindo as boas práticas de projeto para a proteção do normal fluxo de escoamento da linha de água. Pretende-se melhorar a circulação de pessoas e de mercadorias entre a nossa mais pequena aldeia e o restante território concelhio, promovendo a coesão entre as localidades e reforçando a competitividade empresarial e a articulação urbana”. 

Populares