25.4 C
Vila Viçosa
Sábado, Abril 20, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Nova Linha Ferroviária de Évora: “a expetativa é que ela esteja em funcionamento em 2025” diz Presidente da IP(c/som)

A obra de Construção da nova linha ferroviária de Évora recebeu esta sexta-feira a visita do Secretário de Estado Adjunto e das Infraestruturas, Frederico Francisco, e do Presidente da Infraestruturas de Portugal, Miguel Cruz, acompanhados por uma vasta comitiva da qual faziam parte os Presidentes das Câmaras Municipais de Redondo e Évora, assim como o Vice-Presidente da Câmara Municipal de Alandroal, entre outras entidades.

A comitiva percorreu o Troço Évora-Norte – Freixo, numa distância de 20,5Kms a bordo de uma locomotora, assinalando assim a estreia da circulação sobre carris nesta nova linha.

Em declarações aos jornalistas, o Presidente da Infraestruturas de Portugal, Miguel Cruz sublinhou “que a nível da ferrovia hoje é um dia muito grande, pelo anúncio que foi hoje divulgado da linha de alta velocidade e pela visita aqui efetuada.”

Na sua opinião esta obra é “muito significativa” destacando “o trabalho que está a ser feito na ferrovia e a forma como as obras estão a decorrer assim como a flexibilidade como estão a ser programadas.”

A empreitada em execução , é desenvolvida no âmbito do programa de modernização e expansão da Rede Ferroviária Nacional, Ferrovia2020, cofinanciado pela União Europeia, e tem como objetivo a criação do Corredor Internacional Sul que ligará diretamente Sines à fronteira com Espanha em Elvas – Caia.

Para o Presidente da Infraestruturas de Portugal a obra que hoje foi visitada “tem a oportunidade de subir o patamar de qualidade no funcionamento da rede rodoviária do País.”

A infraestruturas de Portugal conta ter os trabalhos desta nova linha concluídos “durante o primeiro semestre de 2024”. Considerando que existe depois a necessidade de realização de alguns trabalhos adicionais, especialmente do ponto de vista de adaptação, Miguel Cruz refere que “a expetativa é em 2025 termos esta linha em funcionamento.”

A linha em questão, destacou ainda o Presidente da IP está preparada para mercadorias e passageiros ainda que “particular destaque esteja a ser dado à questão da circulação de mercadorias.”

O facto da linha em construção albergar as duas funcionalidade “introduziu aqui uma complexidade significativa nos requisitos a serem cumpridos”, concluiu.

A empreitada de construção do troço da Linha de Évora entre Évora Norte e o Freixo, hoje visitada, compreende a execução de vários trabalhos, entre eles a criação de nova plataforma de via-férrea, numa extensão de 20,5 km, a execução de uma estação técnica, a construção de oito Passagens Superiores; três Passagens Inferiores e duas Passagens Agrícolas e ainda a Construção de 13 Obras de Arte Correntes (oito Passagens Superiores; três Passagens Inferiores e duas Passagens Agrícolas e a construção de seis pontes ferroviárias.

Populares