8.2 C
Vila Viçosa
Quarta-feira, Fevereiro 28, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

O último mês de 2023 foi o sétimo dezembro mais seco desde o ano 2000.

O relatório do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) revelou um agravamento da seca meteorológica em dezembro na região sul de Portugal, com especial enfoque nos distritos de Setúbal, Beja e Faro, que estão agora na categoria de seca moderada.

Comparando com novembro, onde 19,4% do território português estava afetado pela seca meteorológica, em 31 de dezembro este número subiu para 38%. Além disso, houve um aumento na área do país classificada como seca fraca, passando de 19,4% em novembro para 21,4% em dezembro, e um aumento na categoria de chuva fraca, de 7,2% para 17,1%.

No final de dezembro, a distribuição territorial em relação às condições climáticas era a seguinte: 19,5% do território com chuva moderada, 16,8% com condições normais, 16,2% em seca moderada e 9% com chuva severa.

O IPMA utiliza um sistema de nove categorias para classificar o índice meteorológico de seca, que vai desde “chuva extrema” a “seca extrema”. Existem quatro tipos de seca identificados: meteorológica, agrícola, hidrológica e socioeconómica.

No que concerne à humidade do solo, o IPMA registou um aumento nos valores de humidade nas regiões do norte e centro de Portugal, com índices superiores a 80%. Contudo, no Baixo Alentejo e Algarve, algumas áreas apresentavam valores entre 20 e 40%.

Os dados do boletim também apontam que o mês de dezembro que classificou como normal em termos de temperatura, mas muito seco no que diz respeito à precipitação, sendo o sétimo dezembro mais seco desde o ano 2000.

Populares