26.5 C
Vila Viçosa
Segunda-feira, Julho 22, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Plataforma ODSLocal perspetiva o futuro do Alto Alentejo na àrea da sustentabilidade

A BioBIP – Bioenergy and Business Incubator of Portalegre acolheu recentemente uma iniciativa promovida pela Plataforma ODSLocal, sob a coordenação do Prof. João Ferrão e da Prof.ª Luísa Schmidt, com o objetivo de perspetivar o futuro do Alto Alentejo.

Em discussão esteve a questão da sustentabilidade, tema na ordem do dia, nomeadamente o indicador de boas práticas de Desenvolvimento Sustentável, mais concretamente nas áreas do desenvolvimento económico, da coesão social e da sustentabilidade ambiental.

Os diversos painéis realizados contaram com a presença de ilustres oradores nas mesas temáticas, que afirmaram a importância de pensar o futuro da região de forma “forte e agregada”.

De acordo com uma nota divulgada pela CIMAA – Comunidade intermunicipal do Alto Alentejo, resulta deste encontro a premissa de que é fundamental continuar a fomentar a cooperação e a concertação interinstitucional para que seja possível, cada vez mais, aproximar a realidade do território Alto Alentejo ao seu potencial, que é enorme e em inúmeros setores.

Hugo Hilário, Presidente do Conselho Intermunicipal da CIMAA, considerou este encontro de “muito proveitoso” e sublinhou a importância de aplicar os ODSLocal no dia-a-dia desta comunidade e dos Municípios.

O responsável pela Comunidade Intermunicipal e também Presidente da Câmara de Ponte de Sor referiu a este propósito “os constrangimentos e as oportunidades que surgem da nossa missão, enquanto eleitos, de definir a melhor estratégia de desenvolvimento para o território, de criar melhores condições de vida para a população, estão plenamente identificados nos 17 objetivos do desenvolvimento sustentável. Neste sentido, destaco que fomos uma das primeiras CIM a aplicar esta metodologia de trabalho de forma concertada entre os 15 Municípios, que pretende colmatar uma lacuna que existia na dimensão autárquica: registar, monitorizar e avaliar a eficácia das medidas e das políticas implementadas”.

A sessão contou ainda com a participação dos Municípios do Alto Alentejo, bem como de várias entidades locais e stakeholders.

Foto: Cimaa

Populares