8.7 C
Vila Viçosa
Quinta-feira, Fevereiro 22, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Produção da Refinaria de Sines terminou 2023 a recuar

A Refinaria de Sines termiou o ano de 2023 com um recuo na sua produção.

Considerada uma das maiores da Europa, com uma capacidade de destilação de 10,9 milhões de toneladas por ano, ou seja, 220 mil barris por dia, no quarto trimestre de 2023 esta refinaria registou uma queda de produção de 2% na produção de Petróleo/gás, comparativamente aos dados do mesmo período de 2022.

Brasil e Moçambique registam o maior número de barris a serema produzido e quer o petroleo quer o gás natural foram os que mais foram produzidos, de acordo com os dados hoje avançados pelo Jornal Económico.

A refinaria de Sines, propriedade da GALP, que iniciou a sua laboração em 1978 e ocupa uma área de 320 hectares,vê assim a sua margem de refinação recuar mais de 50% no que diz respeito ao valor do preço do barril, cotação em dólares. No que diz respeito ao processo de matéria prima, esta refinaria registou um recuo de cereca de 24%.

Ainda assim, no quarto trimestre de 2023 há dados positivos, especialmente no que diz respeirto às renováveis uma vez que neste setor se verificou um crescimento de 4%.

Populares