31.5 C
Vila Viçosa
Sábado, Julho 20, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Raízes alentejanas na Capital: A perpetuidade da Casa do Alentejo.

A história da Casa do Alentejo em Lisboa começa em 1923, quando um grupo de alentejanos, obrigados a deixar sua terra natal em busca de melhores condições, fundou a Associação Regionalista Grémio Alentejano. Esta associação, mais tarde conhecida como Casa do Alentejo, tornou-se um ponto de encontro crucial para a comunidade alentejana na capital portuguesa. Hoje, com 1500 sócios, continua a ser vista como a representante oficial do Alentejo em Lisboa, um lugar de convívio e realização de eventos abertos a todos.

O coração da Casa do Alentejo é o seu magnífico pátio principal, que reflete um estilo revivalista marcado por arcos, janelas e plantas tropicais que evocam a atmosfera de destinos do Norte de África. Este visual é em parte legado das modificações feitas pelo Casino Majestic, que ocupou o espaço a partir de 1918, quando o edifício era conhecido como Palácio Alverca, originalmente construído no século XVII.

A partir do pátio, uma bela escadaria conduz aos salões do piso superior. Dois destes salões são ocupados pelo restaurante da Casa do Alentejo: um deles exibe painéis de azulejos do século XX, da autoria de Jorge Colaço, retratando cenas rurais como trabalhos agrícolas e caçadas; o outro está adornado com azulejos azuis e brancos do século XVII, retirados do antigo palácio. O salão mais grandioso e impressionante é o salão de baile, decorado com lustres imponentes e paredes revestidas de espelhos e estuques dourados.

Foto: Casa do Alentejo

Populares