32.6 C
Vila Viçosa
Quarta-feira, Julho 24, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Tiago Salgueiro apresentou o livro “Torre do Cabedal e Pomar D’el Rei – Património Esquecido de Ciladas – Vila Viçosa” (c/som e fotos)

“Torre do Cabedal e Pomar D’el Rei – Património Esquecido de Ciladas – Vila Viçosa”, um livro da autoria de Tiago Salgueiro, apresentado no passado sábado (29 de Abril).

Segundo o autor, procura “chamar aqui á atenção para um património que está um pouco marginalizado”, referindo também que “é um lugar importante do período romano e também do período medieval, que se encontra num ponto distante da Freguesia, já depois de S. Romão”.

Em abordagem ao trabalho realizado, o escritor e investigador menciona ter feito “uma recolha da documentação existente, tentar inventariar e catalogar todos os objetos que pertencem neste momento a particulares e que são referentes ao período romano”.

“Tentar justificar a sua importância, tentar através dos registos fotográficos perceber como é que foi evoluindo a degradação de todo aquele conjunto edificado”, foram alguns dos propósitos desta investigação e acrescenta ainda que “é uma chamada de atenção que pretende sobretudo fazer com que no futuro haja uma investigação arqueológica mais aprofundada”.

Sobre os apoios a este trabalho, Tiago Salgueiro refere a Câmara Municipal de Elvas, “que sempre mostrou grande abertura para a consulta dos arquivos”, também a “sociedade agrícola de Pomar D’el Rei” e “alguns mecenas, que participaram e colaboraram ativamente”.

Em abordagem aos apoios não facultados pela Câmara Municipal de Vila Viçosa o autor diz ter partilhado informações “em todos os momentos e em todos os projetos que tenho desenvolvido”, “infelizmente em relação a isso nunca recebi nenhum tipo de resposta” acrescentou.

Para Tiago Salgueiro “causa-me alguma estranheza” que a Câmara Municipal de Vila Viçosa, ao querer elevar o Município a Património Mundial, “no sentido inverso não apoie iniciativas que têm um carater cultural” e acrescenta ainda “se isso é divulgado e apresentado pelos responsáveis políticos, na realidade não se concretiza”.

“Solicitei efetivamente todo esse apoio, relativamente á Câmara, até não apresentei nenhum tipo de contrapartidas”, são algumas das palavras de Tiago Salgueiro indicando ainda que “sempre manifestei a minha total vontade e disponibilidade em associar a Câmara Municipal a mais este projeto”.

No final das suas declarações, Tiago Salgueiro diz ainda que o seu próximo projeto será sobre ”azulejaria antiga aqui de Vila Viçosa”, acrescentando que “estamos neste momento a fazer essa identificação”.

{gallery}vv_livro_tiago_salgueiro_abril_17{/gallery}

Populares