15.4 C
Vila Viçosa
Quinta-feira, Junho 20, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Trabalhadores das Minas de Neves-Corvo realizaram segundo dia de greve

www.epos.pt

Os trabalhadores das minas de Neves-Corvo, em Castro Verde, deram hoje continuidade a uma greve de duas horas no início de cada turno para exigir aumentos salariais, greve essa que decorreu ontem e hoje, dias 19 e 20 julho respetivamente.

Segundo comunicado enviado à Lusa, o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira (STIM) explicou que os colaboradores da Somincor – Sociedade Mineira de Neves-Corvo pararam para exigirem “um aumento salarial nunca inferior a 100 euros com retroativos a janeiro de 2023”.

Em causa está o aumento de “apenas 2% ou 36 euros” por parte da empresa aos seus trabalhadores.

Segundo Albino Pereira, responsável do STIM, citado pela Lusa, “as greves serão apenas de duas horas, no início de cada turno, exatamente para que a empresa perceba que os trabalhadores não se sentem bem com este aumento que foi aplicado”.

Para além dos aumentos salariais, os trabalhadores da Somincor pretendem que sejam também revistas as a segurança e condições de trabalho, as progressões na carreira, as anuidades, os subsídios de fundo, de transporte, de apoio escolar e à habitação, e os prémios de passagem à reforma.

 

Fonte: Lusa

Populares