9.8 C
Vila Viçosa
Terça-feira, Abril 23, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Tradições de outrora na Misericórdia de Borba:”o importante é fazer os utentes felizes” diz Carlos Bacalhau(c/som)

A Santa Casa da Misericórdia de Borba, numa iniciativa que visa manter vivas as memórias dos seus utentes mais idosos, realizou hoje o tradicional “Dia da Matança do Porco”. Esta atividade, parte do plano anual de ações da instituição, destacou-se por recriar momentos significativos na vida dos residentes, promovendo um ambiente de festa e convívio entre utentes, funcionários e convidados.

Carlos Bacalhau, coordenador da Misericórdia de Borba, destacou a importância destas iniciativas para o bem-estar dos idosos. Em entrevista à RC, Carlos Bacalhau salientou: “Gostamos de fazer este tipo de actividades para que os nossos utentes se sintam bem como no seu tempo de juventude e adulta, altura em que faziam as matanças, vivendo com as famílias e amigos dias agradáveis.” E acrescentou: “O nosso principal objetivo é que os nossos utentes, apesar da idade, continuem a ter momentos de alegria e prazer e que sejam felizes.”

O evento culminou com um almoço onde se serviu a “cachola”, prato típico do Alentejo, muito apreciado por todos os presentes e que remete aos sabores e temperos de antigamente. A matança do porco, uma tradição enraizada na cultura alentejana, promove não apenas a celebração de antigos costumes, mas também a interação e a partilha de experiências intergeracionais.

Garantida a continuidade desta prática, a Aldeia Social da Misericórdia de Borba confirma o seu compromisso com a preservação das tradições e o bem-estar dos seus utentes. Este ano, como tem sido habitual, a celebração foi um sucesso, reafirmando o valor das iniciativas que resgatam e valorizam o patrimônio cultural e as vivências dos mais velhos.

Populares